Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    PF prende advogados que levavam recados de líderes de facções em presídios

    Todos foram presos no Acre, suspeitos de transmitirem recados da penitenciária Amaro, em Rio Branco

    Polícia Federal prendeu cinco advogados acusados de levar recados de presos a integrantes de facções em liberdade
    Polícia Federal prendeu cinco advogados acusados de levar recados de presos a integrantes de facções em liberdade Polícia Federal/Divulgação

    Elijonas Maiada CNN

    Cinco advogados foram presos, nesta quinta-feira (30), apontados como integrantes de um esquema para intermediar o envio de mensagens entre chefes de organizações criminosas presos e membros do grupo que estão em liberdade.

    Todos foram presos no Acre, suspeitos de transmitirem recados da penitenciária Amaro, em Rio Branco. A Polícia Federal também cumpriu seis mandados de busca e apreensão no Espírito Santo.

    A investigação teve início em janeiro deste ano e, segundo a PF, o esquema organizado era capitaneado pelos advogados que se utilizavam de suas prerrogativas para fazer esse processo de transmissão de mensagens.

    Também foi apurado que um desses advogados teve contato direto, à mando dos principais líderes da organização no Acre, com uma importante liderança da organização criminosa no Rio de Janeiro, com a finalidade de pleitear demandas em nome dos presos.

    A operação desta quinta-feira teve 40 policiais envolvidos, coordenada pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (FICCO), com as polícias Federal, Civil, Rodoviária Federal, e Polícia Penal.

    Os investigados, a princípio, responderão pelos crimes de integrar organização criminosa, cuja pena é de reclusão de 3 a 8 anos, além de eventuais delitos relacionados.