Quadrilha deixa 20 explosivos em Araçatuba e homem fica ferido ao se aproximar de bomba

Três pessoas morreram durante ataque de criminosos fortemente armados a bancos do centro da cidade na madrugada desta segunda-feira (30)

Rafaela Larada CNN*

em São Paulo

Ouvir notícia

Após os ataques a bancos durante a madrugada desta segunda-feira (30) em Araçatuba, no interior de São Paulo, os criminosos deixaram 20 explosivos espalhados em pontos da cidade. Agentes do Comando e Operações Especiais (COE) e do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) atuam para desativar os explosivos.

Segundo o capitão Alexandre Guedes, porta-voz da Polícia Militar (PM), duas bombas já foram desativadas pelas equipes. Um homem sofreu amputações ao se aproximar de um dos explosivos deixados pelos bandidos.

“Gate e COE tem grande conhecimento [de explosivos]. Agora, nossa preocupação maior é com os explosivos deixados na cidade. Não sabemos o tipo de acionamento, se pode ser acionado a distância ou por aproximação. Há uma varredura em andamento. Dois explosivos já foram [desmontados]”, disse Guedes.

Atualmente, cerca de 380 homens da PM estão em Araçatuba e nas proximidades. De acordo com informações da PM , três pessoas morreram, cinco ficaram feridas e duas foram presas – um dos criminosos está entre os mortos. Outro homem, segundo informações preliminares da PM, morreu após retornar ao local do ataque, no centro da cidade, para filmar a atuação do grupo.

As buscas pelos demais membros do grupo responsável pelos ataques continuam nesta manhã e contam com apoio do helicóptero Águia. A Santa Casa de Araçatuba informou, por meio de nota, que atende quatro homens feridos no ataque com idades entre 25 e 38 anos.

Nas redes sociais, há imagens que mostram o uso de reféns como “escudo humano” nos carros em movimento. A informação foi confirmada pela prefeitura da cidade.

Homem sofre amputação ao se aproximar de bomba

O porta-voz da PM pediu para que pessoas que encontrarem objetos estranhos em lugares da cidade acionem a Polícia Militar.

Durante a madrugada, um homem que se aproximou dos explosivos acabou sofrendo amputações e é atendido pela Santa Casa de Araçatuba.

Segundo nota do hospital, o homem sofreu “amputação traumática nos pés” e está no centro cirúrgico do local.

Quadrilha ataca bancos e faz reféns em Araçatuba, interior de São Paulo
Quadrilha ataca bancos e faz reféns em Araçatuba, interior de São Paulo / Reprodução/CNN Brasil (30.ago.2021))

Uso de explosivos com infravermelho

Os responsáveis pelo ataque utilizaram explosivos com infravermelho, que foram espalhados em pontos estratégicos da região. Em uma das detonações, um ciclista foi atingido. Ainda não há informações sobre o estado de saúde dele.

As explosões também causaram queda de energia elétrica em parte da cidade. Segundo os Bombeiros, houve tentativa de assalto às agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica, que ficam próximas uma da outra. A PM ainda não sabe informar se os criminosos conseguiram levar valores destes bancos.

A Rodovia Marechal Rondon, um dos acesso à cidade, foi fechada pelos criminosos para atrasar a chegada das equipes policiais.

Quatro veículos, incluindo um ônibus, foram incendiados: um do lado do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep), dois na rodovia e um no Centro da cidade, próximo às agências bancárias.

*Com produção de Bruno Laforé, da CNN, em São Paulo

Mais Recentes da CNN