Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    PM mata pedestre após errar tiro em perseguição em São Paulo

    Caso aconteceu no bairro do Tatuapé; em nota, SSP reconheceu erro e disse que PM foi preso

    Viatura da Polícia Militar de São Paulo
    Viatura da Polícia Militar de São Paulo Ronaldo Silva/Ato Press/Estadão Conteúdo

    Thomaz Coelhoda CNN* São Paulo

    Um pedestre foi atingido por um disparo de um policial militar durante uma perseguição na tarde desta terça-feira (7), na região do Tatuapé. O homem, de aproximadamente 70 anos, foi alvejado enquanto os agentes abordavam uma motocicleta suspeita na Rua Platina, na área da Vila Azevedo.

    O tiro, que seria direcionado aos suspeitos, acabou atingindo a vítima que transitava pela calçada no momento da ação. Segundo a Secretária de Segurança Pública, o socorro foi acionado imediatamente. Apesar dos esforços o homem não resistiu aos ferimentos.

    O policial militar responsável pelo disparo foi detido em flagrante e encaminhado ao presídio militar Romão Gomes. Um inquérito policial militar (IPM) foi imediatamente instaurado para investigar o ocorrido e adotar as medidas cabíveis.

    (*Sob supervisão de Felipe Andrade)