Números em alta expõem quadro de violência e transfobia no Brasil

Da CNN, em São Paulo *

Ouvir notícia

Maria Eduarda, Camilla, Bebê e, na última sexta (25), Roberta. No mês do orgulho LGBTQIA+, os casos de transfobia não cessaram. A indiferença a eles, também não. Depois que a transexual Roberta teve 40% do corpo queimado ao ser incendiada por uma adolescente no centro do Recife, a ativista Robeyoncé Lima chamou a atenção para o caso inicialmente pouco noticiado em suas redes sociais: “Uma pessoa é incendiada e isso não vira notícia? Ninguém sabe direito? Os corpos trans não só são violentados cruelmente, como essa violência é naturalizada”, escreveu. Roberta segue internada, em estado grave, e já precisou ter seus dois braços amputados por conta das queimaduras.

Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira fala sobre os dados alarmantes da transfobia no Brasil. A Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra) divulgou um dossiê no início deste ano mostrando que, em 2020, 175 travestis e mulheres transexuais foram mortas no país, um aumento de 41% em relação ao ano anterior. Amanda Souto Baliza,  advogada e presidente da Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero da OAB-GO, conversa com Carol Nogueira para explicar essa alta e também comenta a intersecção de vulnerabilidades que atingem mulheres trans negras e pobres. Ela também descreve os avanços e retrocessos em termos de políticas públicas voltadas para o combate da LGBTfobia.

Conheça os podcasts da CNN Brasil:

E Tem Mais

Abertura de Mercado

Horário de Brasília

CNN Mundo

Alma do Negócio

Entre Vozes

5 Fatos

Na Palma da Mari

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

Podcast E Tem Mais, com apresentação de Carol Nogueira
Podcast E Tem Mais é publicado de segunda a sexta, sempre no início da manhã
Foto: CNN Brasil

* Texto publicado por Diego Toledo

Mais Recentes da CNN