Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Polícia Civil prende três suspeitos de envolvimento no sumiço de família no DF

    Segundo depoimento dos presos, eles teriam levado duas das vítimas para um cativeiro em Unaí, onde elas foram mortas posteriormente

    Marina DemoriBianca Camargoda CNN

    Goiás e São Paulo

    A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu, até esta quarta-feira (18), três suspeitos de envolvimento no desaparecimento de uma família no DF. Dois veículos que pertenciam aos desaparecidos foram encontrados carbonizados com seis corpos dentro na segunda-feira (16).

    Segundo depoimento dos presos, eles teriam levado duas das vítimas para um cativeiro em Unaí, onde elas foram mortas posteriormente. Os presos também confirmaram que conheciam a família, pois eles moravam na mesma chácara no DF.

    Um dos carros, da cabeleireira Elizamar Silva, de 39 anos, foi localizado próximo à Cristalina, em Goiás. De acordo com o delegado responsável pelo caso, outras quatro pessoas seguem desaparecidas.

    Elizamar e três filhos estavam desaparecidos desde a última quinta-feira (12). Dona de um salão de beleza na Asa Norte de Brasília, ela havia saído para buscar o marido na casa da sogra na região de Itapoã.

    Antes do veículo ser localizado, a filha mais velha de Elizamar publicou um pedido de ajuda nas redes sociais, informando que sua família estava desaparecida desde que sua mãe saiu para buscar o marido.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    A PCDF detalhou que as crianças são um casal de gêmeos de seis anos e uma outra criança, de sete anos. “Os fatos foram comunicados ao plantão policial pelo filho mais velho da mulher desaparecida, de 23 anos”, afirmou a PCDF.

    Ainda não foi possível confirmar a identidade dos corpos. “Desse modo, ainda não é possível afirmar que tais corpos sejam da família desaparecida, embora os indícios apontem tal hipótese”, explica o delegado-adjunto da 6ª DP, Achilles de Oliveira Júnior.

    O marido de Elizamar, de 30 anos, desapareceu com sua mãe, de 52 anos, pai, de 54 anos e a irmã, de 25 anos.

    (Publicado por Lucas Schroeder, com informações de Gustavo Zanfer e Luana Cataldi)