Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Polícia do Rio faz operação contra lavagem de dinheiro em cinco estados

    Mandados são cumpridos no Amazonas, Paraná, Santa Catarina e São Paulo, além do Rio de Janeiro; 12 pessoas foram presas

    Policiais cumprem mandados de prisão contra organização que lavava dinheiro do tráfico em cinco estados
    Policiais cumprem mandados de prisão contra organização que lavava dinheiro do tráfico em cinco estados Polícia Civil do Rio de Janeiro

    Dayres Vitoriada CNN*

    A Polícia Civil do Rio de Janeiro foi acionada para cumprir em cinco estados, nesta terça-feira (9), 26 mandados de prisão contra integrantes de uma facção criminosa que realizava lavagem de dinheiro do tráfico de drogas.

    A ação faz parte da segunda fase da “Operação Rota do Rio” e tem como objetivo desarticular uma das principais organizações atuantes no tráfico de entorpecentes e na lavagem de dinheiro em capitais. 

    Os mandados estão sendo cumpridos nos estados do Amazonas, Paraná, Santa Catarina e São Paulo, além do Rio de Janeiro, e recebe apoio de agentes desses locais. 

    Ao todo, 12 pessoas foram presas, sendo uma em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, duas em São Paulo e nove no Amazonas.

    Além das prisões, a Polícia também cumpre mandados de apreensão de bens e possíveis valores relacionados aos investigados como modo de enfraquecer financeiramente a organização criminosa.

    A “Operação Rota do Rio” ocorre em decorrência de investigações relacionadas a transações bancárias realizadas entre 2017 e 2022. No período, transferências de valores suspeitos revelaram uma estrutura criminosa que praticava lavagem de dinheiro proveniente do tráfico de drogas.

    Segundo as investigações, integrantes da facção, sob uma divisão de tarefas, realizavam depósitos bancários em contas de pessoas jurídicas para ocultar a origem ilícita dos valores. As contas bancárias pertenciam a pessoas localizadas principalmente em regiões de fronteira do Amazonas. 

    *Sob supervisão de Carolina Figueiredo