Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Polícia Federal prende dois homens por queimada ilegal no Amazonas

    Caso aconteceu em Iranduba, cidade ao lado de Manaus; a capital do estado vem sofrendo com a fumaça decorrente das queimadas na região

    Polícia Federal prendeu dois homens por queimadas ilegais em Iranduba, região metropolitana de Manaus
    Polícia Federal prendeu dois homens por queimadas ilegais em Iranduba, região metropolitana de Manaus PF Amazonas

    Felipe Andradeda CNN

    em São Paulo

    Dois homens foram presos pela Polícia Federal (PF) na tarde de quarta-feira (11), na cidade de Iranduba, região metropolitana de Manaus. De acordo com a corporação, eles estavam praticando crime de queimada ilegal em um trecho da mata.

    As prisões foram feitas em flagrante e os dois confessaram não só o crime cometido ontem, mas assumiram que já realizaram outras queimadas ilegais recentemente.

    Veja também — Queimadas na Amazônia superam média de setembro

    Com os presos, foram encontrados galões de gasolina, fósforos e motosserras. As detenções aconteceram após a PF do Amazonas abrir investigação para tentar identificar os responsáveis pelas queimadas que têm acontecido na região de Manaus nos últimos dias, fazendo com que o ar da cidade ficasse com uma alta taxa de poluição.

    Seca e péssima qualidade do ar

    A qualidade do ar na cidade de Manaus, capital do Amazonas, voltou a ficar seriamente comprometida por conta da fumaça das queimadas que atingem diversas partes do estado nas últimas semanas.

    De acordo com a plataforma Serviço Eletrônico de Vigilância Ambiental (Selva), da Universidade do Estado do Amazonas, a qualidade do ar atingia 191.4* de concentração de partículas inaláveis finas às 14h55 de quarta-feira (11). Segundo a medição, o nível passa a ser classificado como “péssimo” quando chega a 125.

    O estado do Amazonas vive um problema ambiental atualmente. Além da seca severa que atinge a região, as queimadas têm feito a fumaça tomar conta de várias cidades amazonenses, incluindo a capital.

    Segundo dados do INPE, nos dois últimos dias, mais de 500 focos de queimadas foram registrados em todo o Amazonas. Só na cidade de Autazes, que fica pouco mais de 100 km de Manaus, foram mais de 100 focos. Isso representa mais de 20% do total em todo o estado.

    *Os dados da plataforma Selva se referem a partículas inaláveis finas (MP2,5), seguindo a determinação de medição de qualidade do ar estabelecida pelo Conselho Nacional de Meio Ambiente, na resolução 491/2018.