Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Polícia prende suspeita de matar mulher com bombons envenenados no RJ

    Segundo a polícia, a motivação do crime seria ciúmes; as duas teriam um namorado em comum

    Lindaci Viegas Batista de Carvalho morreu após comer bombons envenenados
    Lindaci Viegas Batista de Carvalho morreu após comer bombons envenenados Reprodução/Redes sociais

    Rachel Amorimda CNN

    no Rio de Janeiro

    Uma mulher identificada como Susane Martins da Silva foi presa na quarta-feira (24) no bairro de Acari, na zona norte do Rio de Janeiro. Ela é suspeita de envenenar outra mulher.

    De acordo com as investigações, a vítima, Lindaci Viegas Batista de Carvalho, de 54 anos, foi envenenada no dia do aniversário.

    No sábado (20), Lindaci recebeu um buquê de flores e bombons de uma pessoa anônima. Ela seguiu para um salão de beleza com o presente e, depois de comer o chocolate, passou mal.

    A mulher foi levada para o Hospital Federal do Andaraí, mas já chegou em óbito na unidade.

    Segundo a polícia, os bombons foram entregues por um motoboy que teria sido contratado pelo filho de Susane Martins da Silva.

    Os policiais chegaram até a acusada depois que o motoboy foi identificado e compareceu à 39ª DP (Pavuna) para prestar esclarecimentos.

    As investigações mostram que o crime teria sido motivado porque Susane teve um relacionamento com o ex-companheiro de Lindaci.

    Entre idas e vindas na relação, a acusada desconfiou que o homem estava traindo ela com a vítima e resolveu se vingar.

    A polícia cumpriu um mandado de prisão por homicídio duplamente qualificado contra a acusada, provocado por envenenamento e motivo fútil.

    Procurada pela CNN, a defesa de Susane Martins da Silva declarou que “ainda não teve acesso a íntegra do inquérito policial e nem mesmo ao processo que determinou a prisão dela. O pronunciamento oficial acontecerá depois que tivermos acesso aos autos.”

    Tópicos

    Tópicos