Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Policiais que colocaram sacola na cabeça de mulher no RS são denunciados por tortura

    Segundo denúncia do MP, homem também foi agredido em abordagem; agentes estão presos preventivamente

    Policiais que colocaram sacola na cabeça de mulher em abordagem são presos no RS
    Policiais que colocaram sacola na cabeça de mulher em abordagem são presos no RS Reprodução

    Iara MaggioniJúlia Carvalhoda CNN

    Os dois policiais flagrados colocando um saco plástico na cabeça de uma mulher em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, foram denunciados por tortura, roubo qualificado e ameaça.

    O caso ocorreu no dia 1º de janeiro, na cidade que fica na região metropolitana de Porto Alegre.

    As imagens mostram a abordagem violenta a uma mulher.

    Segundo denúncia do Ministério Público do Rio Grande do Sul, um homem também foi “algemado, colocado de joelhos, agredido e asfixiado com um saco plástico na cabeça”.

    As duas vítimas, que não têm antecedentes criminais, estavam em frente a um bar, com dois amigos.

    Os policiais chegaram à procura de drogas e entraram no estabelecimento com as vítimas.A porta do bar foi fechada, e as agressões começaram na sequência.

    Segundo denúncia do MP, quando o homem estava quase desmaiado, os polícias colocaram o saco plástico na cabeça da mulher.

    Os denunciados perceberam que estavam sendo filmados e saíram do local. Os dois deixaram uma pistola e um colete balístico em uma das mesas e ainda levaram bebidas e R$ 250 em dinheiro do bar.

    Na sequência, os policiais retornaram para buscar os objetos e fizeram ameaças dizendo “se o vídeo vazar, vocês estão mortos”.Os policiais estão presos preventivamente desde 4 de janeiro.

    Na denúncia, o Ministério Público pede que os agentes percam o cargo e que haja interdição para o exercício da profissão pelo dobro do prazo das penas, em caso de condenação.