Pontos turísticos do Rio esperam receber pelo menos 30 mil pessoas até o fim do ano

Número de visitantes nos principais cartões postais da cidade deve chegar em patamares pré-pandêmicos

Bondinho do Pão de Açúcar, um dos principais pontos turísticos do Rio de Janeiro
Bondinho do Pão de Açúcar, um dos principais pontos turísticos do Rio de Janeiro Foto: Tomaz Silva - 28.fev.2015/ ABR

Lucas Janoneda CNN

Rio de Janeiro

Ouvir notícia

O setor de turismo espera receber cerca de 30 mil turistas nos principais pontos turísticos da cidade do Rio até o fim do ano. Se a previsão se confirmar, esse será o melhor movimento registrado desde janeiro de 2020.

Somente o Pão de Açúcar espera receber, em média, seis mil visitantes por dia durante até o próximo fim de semana. Somente nas últimas semanas de dezembro, o movimento na atração apresentou um crescimento de 25% em relação ao mês de anterior.

De acordo com empresa que administração o Pão de Açúcar, o volume de turistas no cartão postal deve chegar a patamares pré-pandemia.

A Roda Gigante localizada na Região Portuária da capital também tem previsão de alta procura nos últimos dias do ano. Segundo a concessionária, a atração está preparada para receber cerca de 9 mil pessoas por semana.

Já o Trem do Corcovado, principal acesso ao Cristo Redentor, na Zona Sul do Rio, espera um movimento recorde para os últimos dias de 2021. A expectativa é de que 10 mil pessoas circulem pela estação, que fica no Cosme Velho. No último fim de semana, a atração recebeu mais de 4,7 mil turistas.

“No trem do corcovado a expectativa é que 10 mil pessoas nos visitem antes da virada do ano. Esperamos sim que o Rio de Janeiro esteja totalmente cheio, consequentemente lotando os hotéis também”, destacou, à CNN, o presidente do Trem do Corcovado, Sávio Neves.

A poucos dias do Réveillon, os hotéis da cidade do Rio de Janeiro já registram uma ocupação de 92% e a expectativa é que vagas já se esgotem nos próximos dias. Os dados fazem parte da pesquisa do Sindicato dos Meios de Hospedagem do Município do Rio de Janeiro (HotéisRIO).

Mais Recentes da CNN