SP: Postos de vacinação em estações de transporte público abrem nesta quinta

Seis locais em estações do metrô, CPTM e terminal de ônibus EMTU passam a funcionar a partir de hoje; veja locais

Profissional de saúde prepara dose da vacina contra Covid-19 em Suzano, São Paulo
Profissional de saúde prepara dose da vacina contra Covid-19 em Suzano, São Paulo Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

Anna Satie, da CNN em São Paulo

Ouvir notícia

Seis postos de vacinação contra Covid-19 em estações de metrô, da CPTM e terminal de ônibus EMTU de São Paulo começam a funcionar nesta quinta-feira (13). 

De acordo com o governo estadual, esses locais funcionarão das 9h30 às 17h, para evitar conflito com os horários de pico. 

Veja quais são as estações:

Metrô:

  • Corinthians-Itaquera (Linha 3 – Vermelha) – av. Projetada, 1900, Itaquera

CPTM: 

  • Guaianases (Linha 11 – Coral) – av. Salvador Gianetti, s/nº, Guaianases
  • São Miguel Paulista (Linha 12 – Safira) – r. Salvador de Medeiros, 449, São Miguel Paulista
  • Jardim Helena – Vila Mara (Linha 12 – Safira) – r. São Gonçalo do Rio das Pedras, 1.200, Vila Mara
  • Itaim Paulista (Linha 12 – Safira) – r. Rafael Correa da Silva, 13, Vila Aimoré

EMTU:

  • Terminal São Mateus – av. Adélia Chohfi, 100, Jardim Vera Cruz

Mais três postos devem ser abertos na próxima segunda-feira (17), nas estações República, Pinheiros e Butantan da Linha 4 – Amarela do metrô. 

Grupos prioritários

Até esta quinta, podem ser vacinados no estado de São Paulo:

  • Profissionais de saúde, indígenas e quilombolas;
  • Pessoas de 60 anos ou mais;
  • Pessoas com comorbidades e/ou deficiência permanente de 55 a 59 anos;
  • Metroviários e ferroviários
  • Transplantados e imunossuprimidos (18 a 59 anos)
  • Pacientes renais em diálise (18 a 59 anos)
  • Pessoas com síndrome de Down (18 a 59 anos)
  • Profissionais de segurança pública e administração penitenciária
  • Profissionais da educação a partir de 47 anos

O governo anunciou que grávidas e puérperas (que deram à luz nos últimos 45 dias) voltarão a ser vacinadas no estado a partir da próxima segunda. Pessoas de 45 a 49 anos com comorbidades e deficiência permanente entrarão na campanha a partir do próximo dia 21. 

É possível ver todos os grupos aptos a receberem a imunização no site Vacina Já. O governo recomenda que essas pessoas façam o pré-cadastro nesse mesmo endereço para agilizar o processo. 

Comorbidades

As comorbidades para Covid-19 previstas pelo Ministério da Saúde são:

  • Doenças cardiovasculares
  • Insuficiência cardíaca (IC)
  • Cor-pulmonale (alteração no ventrículo direito) e hipertensão pulmonar
  • Cardiopatia hipertensiva
  • Síndromes coronarianas
  • Valvopatias
  • Miocardiopatias e pericardiopatias
  • Doença da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas
  • Arritmias cardíacas
  • Cardiopatias congênitas no adulto
  • Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados
  • Diabetes mellitus
  • Pneumopatias crônicas graves
  • Hipertensão arterial resistente (HAR)
  • Hipertensão arterial – estágio 3
  • Hipertensão arterial – estágios 1 e 2 com lesão e órgão-alvo e/ou comorbidade
  • Doença cerebrovascular
  • Doença renal crônica
  • Imunossuprimidos (transplantados; pessoas vivendo com HIV; doenças reumáticas em uso de corticoides; pessoas com câncer)
  • Anemia falciforme e talassemia maior (hemoglobinopatias graves)
  • Obesidade mórbida
  • Cirrose hepática

Para comprovar a comorbidade, é necessário comparecer ao local de vacinação com documentos como exames, receitas, relatório, prescrição médica e cadastros pré-existentes nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde).

Mais Recentes da CNN