Prefeito de SP diz que vai acompanhar o estado na liberação das máscaras

Ricardo Nunes disse à CNN que a capital vai acompanhar a decisão do estado de tornar facultativo o uso de máscaras em ambientes abertos

Paulistanos usam máscara no parque Ibirapuera
Paulistanos usam máscara no parque Ibirapuera Foto: Roberto Casimiro/Fotoarena/Estadão Conteúdo (6.dez.2020)

Iuri Pitta

Ouvir notícia

Prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB) disse à CNN que a capital vai acompanhar a decisão do estado de tornar facultativo o uso de máscaras em ambientes abertos, anunciada nesta quarta-feira (24) pelo governador João Doria (PSDB). O prefeito cumpriu hoje agenda em Brasília com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), quando a medida foi anunciada em São Paulo.

No entanto, a Secretaria Municipal de Saúde vai fazer um novo estudo – o terceiro do tipo – relacionado ao uso de máscaras ao ar livre. De acordo com o titular da pasta, Edson Aparecido, os resultados devem ser conhecidos no dia 5, seis dias antes de se encerrar a obrigatoriedade determinada pelo governo estadual.

Nos dois estudos anteriores, os pesquisadores recomendaram a manutenção da obrigatoriedade não só em ambientes fechados, mas também ao ar livre. A preocupação na Prefeitura é com o período de compras de Natal em ruas de intenso comércio de rua, como a região da 25 de março, no centro da cidade.

Mais Recentes da CNN