Prefeitura do Rio faz “liquidação” de vacinas com lote que estava vencendo

Lote de doses contra a Covid-19 foi uma doação da cidade de São Gonçalo e estava para vencer nesta segunda-feira (06)

Vacina da Pfizer contra a Covid-19
Vacina da Pfizer contra a Covid-19 Myke Sena/MS

Everton Souzada CNN

no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

A Prefeitura do Rio de Janeiro teve que fazer uma “liquidação” de vacinas contra a Covid-19 da Pfizer para os adolescentes de 12 a 17 anos. Isso depois de receber uma doação da prefeitura de São Gonçalo, na região metropolitana. O lote doado tinha 4.830 doses e venceria exatamente nesta segunda-feira (06).

Filas e aglomeração de jovens que foram receber a vacina foram registradas na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde da capital fluminense a doação foi feita hoje (06). A distribuição aconteceu em postos da Zona Oeste, mas os locais não foram informados.

Questionada pela CNN sobre o motivo para esta doação, a prefeitura de São Gonçalo disse  “que esse tipo de procedimento é comum, tendo em vista a maior demanda do município do Rio de Janeiro e o prazo de validade do lote de vacinas em questão”.

O que chama a atenção é que São Gonçalo ainda não concluiu a imunização de todos os adolescentes. Neste momento, as vacinas são destinadas para 14 anos ou mais. Nesta quarta-feira (08) haverá uma reunião para definir quando irá começar a imunização dos adolescentes de 12 e 13 anos.

Oficialmente, o calendário de vacinação para os adolescentes cariocas será retomado nesta quarta-feira (08) para as meninas de 15 anos.

Mais Recentes da CNN