Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Previsão do tempo: Onda de calor pode ser mais forte que a de setembro, diz meteorologista

    À CNN Rádio, meteorologista do Cemaden fez um alerta para as altas temperaturas dos próximos dias em todo o país

    Onda de calor atinge a capital paulista no mês de setembro
    Onda de calor atinge a capital paulista no mês de setembro Cris Faga/ESTADÃO CONTEÚDO

    Alessandra Ferreirada CNN

    O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta para a atuação de uma onda de calor no decorrer dos próximos dias — principalmente no interior do Brasil. O alerta indica que as temperaturas máximas devem ficar 5ºC acima da média pelo período de dois a três dias consecutivos.

    O aviso meteorológico abrange cinco estados em áreas do Centro-Oeste e do Sudeste do país e é válido até hoje.

    Em entrevista à CNN Rádio, a meteorologista do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) Mariana Pallotta alertou que a previsão é de que essa onda de calor supere a do mês de setembro.

    “Tanto Sudeste quanto Centro-Oeste devem ter temperaturas acima da média até o final da semana que vem. Algumas pancadas de chuvas pontuais e isoladas podem ocorrer”, explica.

    De acordo com Mariana Pallota, as temperaturas podem superar as de setembro porque nesta época do ano há um tempo maior de exposição solar e temperaturas mínimas mais altas por causa da primavera.

    A meteorologista ainda detalhou a influência do El-Niño no Brasil nesta época do ano.

    “[Ele] tende a reter frentes frias na região sul. Por lá deve continuar chovendo de forma regular. Essas frentes frias que normalmente trazem umidade para o Sudeste e o Centro-Oeste não conseguem avançar porque não são fortes o suficiente para derrubar a massa de ar seco que fica no centro do país.”

    Previsão do tempo para esta sexta-feira

    De acordo com a Climatempo, o ar quente seco ganha força sobre a Região Sudeste do Brasil, enquanto uma frente fria passa pelo litoral do Rio de Janeiro.

    Algumas pancadas de chuva podem ocorrer à noite no sul e no leste do estado de São Paulo, na região da Zona da Mata mineira, no extremo sul do Sul de Minas e também no centro-sul do Rio de Janeiro.

    Pelo Centro-Oeste, a previsão é de um dia com sol forte e muito calor. Algumas pancadas de chuva devem ocorrer à tarde e à noite no norte noroeste de Mato Grosso e no oeste e sul de Mato Grosso do Sul, mas, de acordo com a Climatempo, essas pancadas de chuva devem ser de curta duração.

    Campo Grande e Cuiabá ficam entre as cinco capitais mais quentes do país nesta sexta-feira.

    Já a Região Sul segue com condições para chuva em todos os estados, com destaque para o centro e sul do Rio Grande do Sul, incluindo a região de Santa Maria Uruguaiana e Bagé.

    Nas outras áreas do Rio Grande do Sul, no interior de Santa Catarina e no interior do Paraná, o sol aparece junto de algumas nuvens e ocorrem pancadas de chuva com raios à tarde e à noite.

    Pelo leste de Santa Catarina, incluindo a região do Vale do Itajaí e de Florianópolis, o sol aparece entre muitas nuvens e ocorrem algumas pancadas de chuva fracas.

    Pelo Nordeste, a previsão é de sol forte e algumas nuvens em todos os estados. Há previsão de pancadas de chuva com raios no interior do Maranhão, em Teresina e no extremo oeste do Piauí.

    No sul e leste da Bahia, em toda a faixa litorânea, no Agreste e na Zona da Mata, de Alagoas até o Maranhão, ocorrem pancadas de chuva nesta sexta-feira, mas de pouca intensidade e o sol aparece o dia todo. A temperatura pode ficar em torno de 40°C em áreas do oeste da Bahia, no interior do Piauí e do Maranhão.

    Na Região Norte, segundo a Climatempo, o ar quente úmido vai facilitar a formação de nuvens carregadas em todos os estados. Há previsão de pancadas de chuva no norte do Tocantins, a partir da tarde.

    No Pará e no Amapá, o sol também fica forte ao longo do dia e as pancadas de chuva ocorrem de forma bastante isolada à tarde e à noite.

    Já nos estados de Roraima, Amazonas, no Acre e em Rondônia, as pancadas de chuvas serão mais frequentes e ocorrem a qualquer hora. O sol aparece nesses estados, mas sempre junto de muitas nuvens.