Produção de tapetes no feriado de Corpus Christi é retomada; veja fotos

Cidades no interior de São Paulo suspenderam tradição durante a pandemia, e retorno deve contar com missas e procissão

João Pedro Malarda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Diversas cidades no interior do estado de São Paulo retomaram nesta quinta-feira (16) a tradição de produzir tapetes durante o feriado de Corpus Christi, após uma suspensão de dois anos devido à pandemia de Covid-19.

Na cidade de Santana do Parnaíba, por exemplo, a tradição completa 55 anos, e deve contar com o uso de dez toneladas de serragem para a confecção das tapeçarias, que vão totalizar mais de 800 metros.

O Corpus Christi é celebrando exatamente 60 dias depois da Páscoa. Ele possui uma data móvel, ocorrendo necessariamente em uma quinta-feira.

O dia da semana foi escolhido porque, na narrativa bíblica, a Última Ceia de Jesus Cristo antes de sua crucificação, na qual ele compartilhou o pão e vinho com seus apóstolos, ocorreu em uma quinta-feira.

Tapetes também estão sendo produzidos em cidades como Campinas e Matão. Além da confecção, a tradição envolve a realização de missas nas igrejas das cidades e procissões.

Em Matão, a expectativa é de que cerca de 30 mil pessoas visitarão a cidade para participar da celebração da data.

Mais Recentes da CNN