Protestos nos EUA, flexibilização da quarentena e mais da noite de 1º de junho

Assista ao 5 Fatos Noite apresentado pela âncora da CNN Daniela Lima

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O sétimo dia consecutivo de protestos nos Estados Unidos pelo assassinato de George Floyd, a resposta do presidente americano Donald Trump e a flexibilização do isolamento social no Rio de Janeiro e em São Paulo estão entre os destaques do 5 Fatos Noite desta segunda-feira, 1º de junho.

Protestos nos EUA

Americanos saem às ruas pelo sétimo dia consecutivo em protestos pelo assassinato de George Floyd. Floyd, que era negro, foi morto por um policial branco. Os atos antirracistas fizeram o presidente Donald Trump subir o tom e cobrar ações mais enfáticas dos governadores para conter os protestos. 

Rio de Janeiro

A partir desta terça-feira, o Rio vai liberar atividades físicas nos calçadões e em centros de treinamento e atividades aquáticas individuais no mar. Também vão poder funcionar lojas de móveis e decoração, concessionárias de veículos e igrejas, desde que sigam o protocolo de desinfecção.

São Paulo

E no primeiro dia da flexibilização em São Paulo, pouca coisa mudou. Na capital, a prefeitura começou a receber propostas de segurança sanitária dos setores que serão reabertos, como shoppings. O movimento nas ruas é semelhante ao registrado anteriormente. 

Manifestações em SP

O governador de São Paulo, João Doria, disse que a Polícia Militar não deve mais permitir a presença em um mesmo local de manifestantes com pautas divergentes, para evitar confrontos. No domingo, pela primeira vez após semanas, manifestantes antibolsonaro dividiram o palco na Avenida Paulista com apoiadores do governo — e o ato terminou em confusão. 

Governo e centrão

O governo Jair Bolsonaro entregou o comando do FNDE, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, para o PP, de Ciro Nogueira. O posto era o mais cobiçado pelo centrão, e a entrega sela a aliança desse grupo com o governo.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br.

 

Mais Recentes da CNN