Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Queda de temperatura pode provocar geada no RS e chuvas em SP; veja a previsão do tempo

    Pode gear na fronteira com o Uruguai e na Campanha Gaúcha; termômetros em SP devem registrar mínima de 15 °C à noite

    Flávio Ismerimda CNN

    São Paulo

    O ciclone extratropical que atingiu a região Sul nos últimos dias se afastou, mas a passagem da frente fria associada a ele provoca uma queda acentuada na temperatura nas regiões Sul e Sudeste nesta terça-feira (5), aponta a Climatempo.

    A madrugada já foi chuvosa no estado de São Paulo, mas pode haver chuvas pontuais ao longo do dia. Os termômetros, por sua vez, devem registrar a mínima de 15 °C à noite.

    “A gente já teve chuva durante a madrugada conforme o ciclone foi avançando. A tendência é que a gente registre ainda algumas chuvas pontuais, mas o ciclone já está bem afastado”, afirmou Maria Clara Sassaki, meteorologista da Climatempo, à CNN.

    “Outras áreas do país tem chance de chuvas devido ao ciclone. A frente fria associada ao ciclone forma instabilidades no interior de São Paulo, Minas Gerais e todo o Centro-Oeste têm risco de tempestades. É uma chuva isolada, mas vai ser forte onde ela cair.”

    A especialista também adiantou que, com o afastamento do ciclone, o tempo firme volta a predominar no Sul e abre espaço para que o ar polar derrube mais ainda as temperaturas na região. Na região da fronteira com o Uruguai e na Campanha Gaúcha, o risco de geada é acentuado.

    “Ao longo do dia, o tempo firme vai voltando para o Rio Grande do Sul e o ar polar toma conta da região Sul do país. Agora gente tem um risco de geada, com temperaturas muito baixas no decorrer dos próximos dias no Sul do país”, relatou.

    VÍDEO — Novo ciclone extratropical se forma na região Sul do Brasil

    Ventos de 113 km/h atingiram Santa Catarina

    Um temporal com ventos de até 113 km/h destelhou casas e causou a queda de árvores e postes em cidades de Santa Catarina na segunda-feira (4). Danos na rede elétrica também foram registrados, segundo a Defesa Civil.

    A condição do tempo se deve à formação de um sistema de baixa pressão e com o avanço de frente fria.

    Veja mais: Como se comporta um ciclone extratropical?

    Entrevista produzida por Vinícius Tadeu