Racismo não se combate com medidas legais, diz professor de Harvard

O racismo não é um comportamento individual que pode ser resolvido com ações judiciais específicas, diz Adilson Moreira

Da CNN

Ouvir notícia

Após o nono dia de protestos contra a violência policial motivados pela morte de George Floyd após ação policial que utilizou força excessiva, a CNN conversou com Adilson Moreira, professor e doutor pela Universidade de Harvard em Direito Antidiscriminatório. Questionado sobre possíveis medidas legais para combater o racismo, Moreira afirmou que apenas leis não bastam para mudar um sistema inteiro.

“O racismo não é um comportamento individual que pode ser resolvido com ações judiciais específicas. Ele é um sistema de dominação social operado por instituições públicas e privadas com propósito específico de reproduzir o privilégio branco.”

Leia também

É perigoso para o jogador de futebol se posicionar no Brasil, diz Aranha

Anderson Silva: policiais me seguiam até minha casa nos EUA

Segundo Moreira, falar de racismo é também falar de privilégio branco, e que ele é um sistema que tem “interesse material na discriminação.”

O professor entende que para se combater a discriminação racial, é preciso então a criação de políticas incisivas de afirmação e redistribuição. Precisamos de ações afirmativas. Enquanto não tivermos uma política que tenha como objetivo redistribuir recursos e oportunidades, teremos sempre que lidar com questões como essa.”

(Edição: André Rigue) 

Mais Recentes da CNN