Relatório da CPI da Pandemia, primo de Alcolumbre preso e mais de 20 de outubro

5 Fatos Tarde repercute principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Apresentação do relatório da CPI da Pandemia, prisão do irmão do senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) por tráfico internacional de drogas e afastamento do governador do Tocantins estão entre os destaques do 5 Fatos Tarde desta quarta-feira, 20 de outubro de 2021.

Relatório da CPI da Pandemia

Depois de 65 reuniões e seis meses de atividade com mais de 500 requerimentos e 190 quebras de sigilo, a CPI da Pandemia está apresentando o relatório final. Será pedido o indiciamento de 68 pessoas, incluindo o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga e o ex-chefe da pasta, Eduardo Pazuello, além dos três filhos do presidente, empresários, blogueiros e médicos que assessoraram o governo federal. Veja a lista completa.

Governador do TO afastado

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou o afastamento do governador do Tocantins, Mauro Carlesse (PSL), por supostos crimes no âmbito da saúde e da segurança pública. A determinação é para que ele seja afastado por seis meses. A Corte Especial do STJ deve analisar ainda hoje a decisão do ministro Mauro Campbell. Carlesse é alvo de investigação da Polícia Federal (PF) para desarticular uma organização criminosa que supostamente tentou impedir ou obstruir investigações sobre atos ilícitos relacionados à cúpula do governo.

Primo de Alcolumbre preso

A Polícia Federal prendeu o primo do senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), Isaac Alcolumbre, em uma operação contra o tráfico internacional de drogas. Segundo as informações da PF, a organização criminosa possuía, na estrutura, mecânicos de aeronaves, pilotos, operadores financeiros responsáveis por fazer a transferência dos valores obtidos pelas atividades ilícitas, além de outras pessoas que recebiam quantias em contas pessoais e empresas para lavar o dinheiro.

Carnaval de SP

A Prefeitura de São Paulo liberou mais de R$ 20 milhões para as escolas de samba que vão participar do Carnaval de 2022. A venda de ingressos para os desfiles no Sambódromo do Anhembi também começou hoje. No entanto, a realização do evento ainda depende das condições epidemiológicas da pandemia no ano que vem.

Suspensão de carne para China

O Ministério da Agricultura orientou os frigoríficos brasileiros a suspenderem temporariamente a produção de carne para a China, por conta do veto ao produto que já dura seis semanas. Segundo apuração da CNN, um ofício foi expedido pelo governo federal permitindo aos produtores o armazenamento do que foi produzido em contêineres refrigerados e a venda ao mercado interno.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

Mais Recentes da CNN