Reunião da Pfizer com a Anvisa, insumos da Coronavac e mais de 3 de fevereiro

Assista ao 5 Fatos Manhã apresentado pela âncora da CNN Muriel Porfiro

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A reunião da Anvisa com a farmacêutica Pfizer e a chegada dos insumos para a produção da Coronavac são alguns dos destaques desta quarta-feira, 3 de fevereiro de 2021.

Vacinas

Está marcada para esta quarta-feira (3) a primeira reunião da Anvisa com a farmacêutica Pfizer sobre o registro definitivo da vacina da empresa no Brasil. A intenção da Pfizer é fazer o pedido de registro logo depois desse encontro. E o avião com 5,4 mil litros do IFA, o insumo para produzir a Coronavac, saiu de Pequim ontem à noite e já está a caminho do Brasil. A previsão é de que as doses cheguem às 23h30 desta quarta em São Paulo.

Sergio Moro

Alguns ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) avaliam que o pacote de mensagens obtido através da Operação Spoofing da Polícia Federal explicita o movimento de cooperação entre o ex-juiz Sergio Moro e os procuradores que trabalharam na Operação Lava Jato em Curitiba. A informação é da âncora da CNN Daniela Lima. Os ministros escutados pela reportagem avisam que o conteúdo do material pode afetar não só o caso do ex-presidente Lula, mas abrir caminho para outros questionamentos.

Câmara dos Deputados

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, disse à CNN que os partidos que apoiaram a candidatura de Baleia Rossi à presidência da Câmara, decidiram aceitar o acordo proposto pelo novo presidente da casa Arthur Lira. Isso, segundo a deputada, para evitar uma briga judicial e garantir lugares na Mesa Diretora. Para ela, o problema é político e não jurídico.

Abuso sexual

Pela primeira vez um técnico de natação investigado por abuso sexual foi banido no Brasil. O Comitê de Ética e Integridade da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos decidiu por unanimidade proibir o técnico de natação Sales José Alves de Carvalho de ter acesso a locais de competições e participar de qualquer evento relacionado aos desportos aquáticos de forma vitalícia. Ele é investigado pela polícia civil de São Paulo pelo possível abuso sexual de uma nadadora menor de idade, no fim de 2019, no interior do estado. No documento a que a CNN teve acesso, ele nega as acusações.

Amazon

Depois de 27 anos, Jeff Bezos vai deixar o comando da Amazon. A empresa anunciou que Andy Jassy, atual CEO da Amazon Web Services vai assumir a empresa a partir do terceiro trimestre de 2021 e Bezos vai fazer parte do conselho administrativo. Jeff Bezos fundou a Amazon em 1994 e transformou a livraria online em uma gigante do varejo.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

(Publicado por: André Rigue)

Mais Recentes da CNN