Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Rio de Janeiro faz preparativos para festa de Réveillon

    Entre as capitais do país, apenas Rio e Boa Vista (RR) confirmaram eventos no Ano Novo. Natal (RN) e Maceió (AL) terão somente queima de fogos

    Réveillon em Copacabana no ano de 2016
    Réveillon em Copacabana no ano de 2016 Dhani Accioly Borges/Riotur

    Iuri CorsiniStéfano Sallesda CNN

    no Rio de Janeiro

    Ouvir notícia

    Das 26 capitais do país e o Distrito Federal, apenas Rio de Janeiro (RJ) e Boa Vista (Roraima) terão festa de Réveillon promovida pelas prefeituras. No Rio, os preparativos já começaram e 25 torres de som estão sendo montadas na praia de Copacabana, um dos dez pontos de queima de fogos na cidade.

    Não haverá palco, no entanto, o DJ MAM, à distância, comandará a música para quem estiver presente. Além das torres de som, acontece a montagem de postos médicos e banheiros químicos, bem como a instalação de sonorização e iluminação especial.

    Serão dez balsas posicionadas no mar de Copacabana, que garantirão 16 minutos de foguetório.

    No intuito de evitar aglomerações, o acesso à praia de Copacabana será restrito, como informou o prefeito Eduardo Paes (PSD).

    A partir das 19h, haverá bloqueio de carros (exceto automóveis de uso pessoal ou táxis com passageiros com comprovante de trabalho, residência ou hospedagem). Já às 20h terá início o bloqueio de transporte público (ônibus e metrô); e às 22h, o bloqueio será total e não será mais possível acessar o bairro com nenhum tipo de veículo – inclusive moradores, trabalhadores e hóspedes.

    Além de Copacabana, haverá queima de fogos em outros nove pontos espalhados pela cidade, na tentativa de, segundo a prefeitura, evitar a “necessidade de grandes deslocamentos por parte da população”.

    As apresentações serão realizadas no Flamengo, Barra da Tijuca e Recreio, em Sepetiba, no Piscinão de Ramos, Penha, Ilha do Governador, Madureira e Bangu.

    A prefeitura autorizou o funcionamento dos quiosques ao longo da orla carioca. A única restrição será a não utilização de cercados que possam fechar o espaço público. A fiscalização ficará a cargo da Secretaria de Ordem Pública (Seop), que atuará com 3.048 agentes (entre guardas municipais e agentes de órgãos vinculados à secretaria) no Réveillon.

    Entre as cidades litorâneas do Rio de Janeiro, além da capital, as únicas com festa na virada de ano serão Angra dos Reis e Paraty, na Costa Verde, famosos destinos turísticos. Já outras 13 manterão a queima de fogos, com destaque para Niterói, na região metropolitana, além de Arraial do Cabo, Búzios e Cabo Frio, que costumam receber grande quantidade de visitantes nessa época do ano.

    Outras capitais

    De acordo com levantamento feito pela Agência CNN, 24 capitais e o Distrito Federal decidiram cancelar as festas de Ano Novo.

    Não haverá programação em Campo Grande (MS), Fortaleza (CE), Macapá (AP). Belo Horizonte (MG), Salvador (BA), São Luís (MA), João Pessoa (PB),Teresina (PI), Palmas (TO), Recife (PE), Aracaju (SE), Brasília (DF), Belém (PA), Goiânia (GO), Vitória (ES), Porto Alegre (RS), Cuiabá (MT), São Paulo (SP), Florianópolis (SC), Manaus (AM), Porto Velho (RO), Curitiba (PR) e Rio Branco (AC).

    Já Maceió (AL) e Natal (RN) manterão apenas a queima de fogos.

    *Com informações de Giovanna Bronze, Giulia Alecrim e Victória Cócolo

    Mais Recentes da CNN