Rio terá festival de rock com a presença de 2.500 pessoas ainda este ano

O evento autorizado pela prefeitura prevê a retomada do setor a partir de outubro

Isabelle Resendeda CNN

Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Um festival de rock para 2.500 pessoas será o primeiro evento-teste realizado na cidade do Rio de Janeiro. Os shows já têm data e hora marcados: começam no dia 6 de outubro e vão até o dia 1º de novembro. O local escolhido foi a Praça da Pira Olímpica, na Candelária, região central da cidade.

De olho na retomada do setor, o evento foi autorizado pela Subsecretaria de Promoção de Eventos da Prefeitura do Rio. Em nota, a prefeitura afirmou que a realização do festival está condicionada aos protocolos estabelecidos pelas autoridades sanitárias.

Os shows serão realizados ao ar livre, numa área de 11.500 metros quadrados, com praça de alimentação, quiosques e food trucks, além de postos médicos. Para entrar nos espaços, o público deverá apresentar certificado de vacinação completa ou teste negativo para Covid-19, realizado nas últimas 72 horas. A organização do evento ressaltou que o local tem capacidade para 5 mil pessoas, mas que terá apenas metade da ocupação, para garantir um mínimo distanciamento.

A pré-venda de ingressos será feita a partir da próxima semana pela internet. O evento será uma homenagem aos 40 anos do rock brasileiro e contará com a presença de artistas da cena cultural carioca, como Fernanda Abreu, Frejat, Leo Jaime, Bebel Gilberto, entre outros.

Além das apresentações musicais, o público poderá assistir, gratuitamente, a exposições de fotos dos anos 80, palestras sobre o rock brasileiro e uma mostra de cinema, que acontece no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). A programação também inclui a exibição de espetáculos consagrados como os musicais que contam a trajetória dos músicos Cássia Eller e Renato Russo.

Segundo o infectologista da UFRJ, Alberto Chebabo, integrante do Comitê de Enfrentamento à Covid da Prefeitura do Rio, mesmo com o cenário epidemiológico atual, outros países fizeram eventos-teste com público em situação semelhante. Mas ressaltou a necessidade de haver controle através de testes antes e após o evento.

Questionada pela CNN sobre a realização do evento, mesmo diante do aumento do número de casos da Covid-19 provocado pela variante Delta, a Secretaria Municipal de Saúde não respondeu até o fechamento desta reportagem.

Mais Recentes da CNN