Rio Tietê tem lama e peixes mortos em Salto, segundo vice-prefeito da cidade

O vice-prefeito de Salto (SP), Edemilson Santos (PODE), usou as redes sociais para fazer a denúncia neste domingo (29)

Rio Tietê coberto de lama na cidade de Salto, no interior de São Paulo
Rio Tietê coberto de lama na cidade de Salto, no interior de São Paulo Facebook/Edemilson Santos, vice-prefeito de Salto

Fernanda Colavittida CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Neste domingo (29), o vice-prefeito de Salto, Edemilson Santos (PODE), usou as redes sociais para denunciar que o trecho do rio Tietê que fica na cidade do interior de São Paulo amanheceu coberto de lama.

“Assim como em 2014, neste domingo, o rio Tietê em Salto amanheceu com a lama negra, oriunda da abertura de comportas na capital após as chuvas. Todo o lodo do fundo do rio é arrastado e segue para as cidades ribeirinhas, afetando todo o meio ambiente”, escreveu.

Segundo Santos, já começaram a surgir peixes mortos no local, devido à lama. “Nas proximidades da GCM já observamos os peixes em busca de oxigênio, e infelizmente já tem muitos peixes mortos na foz do Córrego do Ajudante”, escreveu.

O vice-prefeito afirmou ainda que as autoridades da Cetesb e Governo do Estado já tem conhecimento da situação.
A reportagem da CNN entrou em contato com o Governo de SP e a Cetesb para comentar o assunto, mas não obteve retorno.

Peixes mortos devido à lama que cobriu o Rio Tietê em Salto (SP) / Facebook/Edemilson Santos, vice-prefeito de Salto

Mais Recentes da CNN