RJ: limpeza e plantio na Lagoa Rodrigo de Freitas marcam Dia do Meio Ambiente

Voluntários se reuniram para plantar 60 mudas da espécie mangue-vermelho

Voluntários participam de limpeza na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro
Voluntários participam de limpeza na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro Foto: Divulgação

Adriana Freitas, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Mais de 50 voluntários, muitos sócios do AquaRio, se reuniram neste sábado (5), Dia Mundial do Meio Ambiente, em um mutirão de plantio de mudas de mangue-vermelho (Rhizophora mangle), na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro. A árvore, típica do local, é considerada símbolo do manguezal. 

Antes do plantio, voluntários e o ambientalista Mário Moscatelli realizaram a limpeza do espelho d’água, o que tornou o local adequado ao recebimento das mudas. 

Já Guapimirim, município da área metropolitana do Rio de Janeiro, acabou de implantar os primeiros biodigestores ecológicos, feitos a partir de pneus usados, para o tratamento de esgoto domiciliar. A iniciativa, que conta com recursos da prefeitura, é inédita no Estado e tem o objetivo levar mais qualidade de vida aos moradores das áreas carentes, que não tinham acesso a um tratamento eficaz dos resíduos sanitários em suas comunidades.

O equipamento também é importante para a preservação do meio ambiente do município, que tem mais de 70% do seu território em área de proteção ambiental.

Produzidos com pneus usados de caminhão, os biodigestores ecológicos tratam não só o problema do esgoto sanitário, mas conseguem solucionar outras demandas, como, por exemplo, o complexo descarte dos pneus usados, a proliferação de doenças por vetores, entre elas as transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, e ainda, após a filtragem dos resíduos, a produção de água que pode ser usada na irrigação de pomares, na área rural de Guapimirim.

Mais Recentes da CNN