Rosângela Moro lamenta mentiras e ofensas propagadas por ‘robôs ou pessoas’

Sergio Moro pediu demissão do cargo de Ministro da Justiça e Segurança Pública; Rosângela afirmou que não esperava decisão diferente do marido

Rosângela Moro
Rosângela Moro Foto: Reprodução/ Instagram

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A advogada Rosângela Moro, esposa do ex-ministro da Justiça e Segurança Nacional, Sergio Moro, publicou mensagem em seu Instagram sobre a crise gerada no governo durante a pandemia do novo coronavírus. Em postagem acompanhada de uma foto do casal, Rosângela lamenta que “em meio a uma gigante pandemia, o foco tenha sido desvirtuado”.

Ela diz que sua família sempre “defendeu valores de ética e verdade”. “Nunca ofendi qualquer autoridade do país, mesmo quando discordava.” Em seguida, Rosângela afirma que “atos têm consequências”, citando “tempos difíceis” e a “propagação de ofensas e inverdades, sejam por parte de robôs ou de pessoas que discordam de nossos valores”.

Leia também:

Moro diz no Twitter: ‘Verdade acima de tudo. Fazer a coisa certa acima de todos’

A advogada defende a decisão do marido de deixar o governo federal –Moro pediu demissão na quinta-feira (23), depois que o presidente Jair Bolsonaro oficializou a exoneração de Maurício Valeixo do cargo de diretor geral da Polícia Federal. “Eu não poderia esperar outra atitude do meu marido; deixar o governo era a única eticamente aceitável”, disse.

Ao final da postagem, Rosângela agradece o apoio que tem recebido e faz um apelo. “Usem máscaras e se protejam. Não podemos sair iguais dessa pandemia. Precisamos nos transformar em pessoas melhores.”

Leia a postagem na íntegra:

“Dias de reflexão… Eu lamento que, em meio a uma gigante pandemia, o foco tenha sido desvirtuado, porque acredito que a vida precisa estar acima de tudo. Sou cidadã e, ao mesmo tempo, esposa de uma pessoa que lutou fortemente contra a corrupção máxima: a lei é para todos, em defesa do estado de direito.

A Lava Jato é uma conquista da sociedade brasileira.

Também somos uma família que sempre, com muita fé em Deus, defendeu valores de ética e verdade. Nunca ofendi qualquer autoridade do país, mesmo quando discordava.

Nunca insultei ou ofendi qualquer condenado quando meu marido era juiz. Atos têm consequências e cada um responde pelos seus. Viveremos tempos difíceis, certamente, com a propagação de ofensas e inverdades, sejam por parte de robôs ou de pessoas que discordam dos nossos valores. Mas sigo confiante de que fazer a coisa certa é sempre o caminho necessário.

Eu não poderia esperar outra atitude do meu marido; deixar o governo era a única eticamente aceitável.

Eu agradeço a todos os amigos reais e virtuais pelas mensagens de apoio e solidariedade, além das flores, dos mimos e das orações. Família e amigos são nossas fortalezas. Usem máscaras e se protejam. Não podemos sair iguais dessa pandemia.

Precisamos nos transformar em pessoas melhores.

Eu espero o bem de todos os brasileiros. Nós aqui, ficaremos bem.

Um fraterno abraço.”

Mais Recentes da CNN