Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Salvador: Volume de chuva registrado em fevereiro foi o maior nos últimos 19 anos

    Ao longo do mês, choveu três vezes mais do que o esperado para todo o período

    Chuva em Salvador
    Chuva em Salvador Jefferson Peixoto – Secom

    Camila Tíssiada CNN

    Salvador

    Em fevereiro deste ano, Salvador teve um acúmulo de chuva que ultrapassou em mais de três vezes a média climatológica esperada de 98,7 mm. O período foi excepcionalmente chuvoso na cidade, totalizando 332,5 mm de precipitação. Esse valor representa o maior volume de água para o mês desde 2005, há 19 anos, quando foram registrados 349,4 mm.

    Para se ter uma ideia, no dia último dia 20, choveu em média 90mm em um período de duas a três horas na capital baiana.

    Esse valor chegou perto do que era esperado para todo mês. Em dias assim, as fortes chuvas acabam provocando diversas ocorrências. Como pontos de alagamento, queda de árvores e deslizamentos. Nesse dia o Centro de Monitoramento de Alerta e Alarme da Defesa Civil de Salvador (Cemadec) recebeu mais de 170 solicitações de emergência da população.

    Os dados analisados por eles com base na estação de referência, localizada no bairro de Ondina. De acordo com o órgão, os sistemas meteorológicos atuantes foram sistema de baixa pressão, chamado de cavado. “São ventos úmidos provenientes do Oceano Atlântico, canal de umidade associado a um sistema de baixa pressão sobre o Oceano Atlântico e Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN)”, afirmou a Codesal.

    Por outro lado, foram verificadas altas temperaturas durante o segundo mês de 2024, por conta da atuação de massa de ar quente e seca. As maiores temperatura foram 34,7° C, no dia 04/02, e 33,8° C, em 16/02.