São Paulo deve ter fortes chuvas e possíveis alagamentos nesta quarta

Sol volta aparecer em algumas regiões de Minas Gerais; onda de calor ganha mais força no extremo sul do Brasil

Léo Lopesda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

A cidade de São Paulo pode registrar pancadas de chuva fortes a partir do início da tarde desta quarta-feira (12).

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) da Prefeitura de São Paulo, os temporais podem gerar pontos de alagamento pela capital paulista.

São Paulo amanheceu com tempo encoberto e uma temperatura média de 18ºC. Os índices de umidade relativa do ar ficaram na casa dos 90%.

“Nas próximas horas, o sol aparece entre nuvens, favorecendo um pouco a elevação das temperaturas. A máxima será em torno dos 25°C, com percentuais de umidade do ar em torno dos 50%”, informou o CGE.

A expectativa para os próximos dias é de que as condições mudem na região da Grande São Paulo, com menos nebulosidade e temperaturas mais altas – o que favorece as pontuais chuvas de verão durante as tardes.

A volta do Sol em Minas Gerais

De acordo com a Climatempo, o Brasil ainda deve registrar nebulosidade e chuvas frequentes nesta quarta (12).

Por exemplo, 17 capitais têm risco de registrar chuvas fortes. São elas Curitiba, São Paulo, Rio De Janeiro, Belo Horizonte, Goiânia, Brasília, Cuiabá, Teresina, São Luís, Natal, João Pessoa e Recife, Palmas, Belém, Macapá, Porto Velho e Rio Branco.

Porém, o enfraquecimento da faixa de nebulosidade conhecida como Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) permite que o sol volte a aparecer em algumas regiões. É o que acontecerá em partes de Minas Gerais.

A região do Vale do Jequitinhonha, por exemplo, deve registrar sol o dia inteiro. “Outras regiões de Minas Gerais ainda terão pancadas de chuva nesta quarta-feira, mas com a presença do sol em algumas horas”, aponta a Climatempo.

As regiões centro-oeste e o sul mineiro, incluindo cidades da Zona da Mata e a Grande Belo Horizonte podem ter pancadas de chuva com intensidade moderada a forte.

A tendência é de que haja mais períodos ensolarados na quinta-feira (13).

Onda de calor ganha força no Sul

Ainda segundo a Climatempo, um bloqueio atmosférico impede a passagem de frentes frias e favorece a atuação de uma massa de ar seco e quente na região Sul do Brasil.

O Rio Grande do Sul deve sentir os maiores efeitos e potencialmente registrar recordes de temperaturas nos próximos dias.

A temperatura, nesta terça-feira (11), alcançou 38,3°C no município de Quaraí, a mais alta no Brasil, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia

A forte onda de calor somada à estiagem atinge toda a região central da América do Sul, com fortes efeitos na Argentina.

A tendência é que o fenômeno arrefeça para os gaúchos no domingo, quando a chegada de uma frente fria deve provocar temporais intensos.

Mais Recentes da CNN