São Paulo passa de quatro mil mortos por Covid-19

Já são 51.097 infectados em todo o estado; em 24 horas, foram registradas novas 168 mortes

Bandeira a meio mastro em luto oficial pelas vítimas do coronavírus. 
Bandeira a meio mastro em luto oficial pelas vítimas do coronavírus.  Foto: Governo do Estado de São Paulo - 07.mai.2020

Ouvir notícia

O estado São Paulo chegou, nesta quarta-feira (13), a 4.118 mortos por Covid-19. O número de pessoas infectadas pela doença alcançou a marca de 51.097, com registro de 3.378 novos casos na últimas 24 horas. Os dados foram divulgados no início da tarde de hoje pelo secretário de Saúde, José Henrique Germann, durante a coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes.

Na coletiva, o governo estadual confirmou a liberação de R$ 30 milhões para abertura de 350 novos leitos na Baixada Santista, sendo 50 de UTI e 300 leitos clínicos, que serão entregues às cidades de Santos, Praia Grande e Itanhaém. Segundo o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, a Baixada Santista é a segunda região mais impactada pelo novo coronavírus no estado.

“É importante registrar que a taxa de ocupação [de leitos de UTI] na Baixada Santista superou os 80%”, afirma. 

Leia também:

Brasil ultrapassa Alemanha e França em casos registrados de Covid-19

Prioridade é ter fábricas para vacina contra Covid-19, diz Nobel de Economia

Mães da saúde: ‘fui para uma guerra que não esperava ser convocada’

Reabertura de serviços

O governador João Doria (PSDB), afirmou que ainda não é possível aprovar a reabertura de academias e salões de beleza no estado, apesar dos estabelecimentos serem classificados como atividades essenciais, de acordo com o decreto presidencial que entrou em vigor na segunda-feira (11).

“Ainda não temos condições sanitárias seguras para permitir a reabertura neste momento. Graças à quarentena, 25 mil vidas foram salvas em São Paulo”, declarou.

Mais Recentes da CNN