Secretário diz que novo mapa de SP reavaliou o estágio de cada região

Mudança foi feita após reclamações de prefeitos da Baixada Santista e Grande São Paulo

Da CNN

Ouvir notícia
 

Após reclamações feitas por prefeitos das regiões da Baixada Santista e Grande São Paulo, as cidades foram incluídas na fase 2 do Plano São Paulo, que permite a reabertura de mais setores da economia.

Em entrevista à CNN, o secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Marco Vinholi (PSDB) explicou o novo mapa da flexibilização do estado e afirmou que as medidas são adequadas ao ‘estágio de cada território’. Vinholi acredita que prefeitos devem atuar para desacelerar casos.

“É fundamental dizer que o Plano São Paulo analisa a aceleração ou desaceleração de casos, internações e óbitos além da capacidade hospitalar de cada região. (…) Agora a gente vê essa aceleração no interior. O estado, nas dimensões de São Paulo, tem variações em São Paulo. E o plano visa flexibilização e endurecimento de acordo com os dados.Portanto, as medidas são adequadas  ao estágio de cada território.”, explicou.
 

Questinado sobre como as cidades Presidente Prudente, Barretos e Ribeirão Preto reagiaram ao rebaixamento divulgado nessa quarta-feira, o secretário ponderou.

“A saúde e a medicina nos determina que nós possamos retomar de uma maneira segura. É questão de saúde pública essa orientação e controle manter estas regiões permaneçam nesta fase vermelha. A região de Ribeirão Preto veio apresentando alta nos números. Mas tenho certeza de que vamos conseguir, com o díalogo e transparência, resguardar a vida nestas regiões, o que é fundamental neste momento”, assegurou.

Mudanças no plano

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que irá prorrogar a quarentena em todo o estado até o dia 28 de junho. O anúncio foi feito durante a coletiva de imprensa na quarta-feira (10). Na ocasião, também foi apresentada a nova atualização do Plano São Paulo, que apontou mudanças de fases nas regiões do interior.

De acordo com o plano, que trata da retomada gradual das atividades no estado, as regiões metropolitanas de Ribeirão Preto, Barretos e Presidente Prudente retrocederam para a fase 1, representada pela cor vermelha. 

(Edição: Sinara Peixoto)

Mais Recentes da CNN