Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    SP determina obrigatoriedade do retorno às aulas presenciais a partir de segunda-feira

    Aulas presenciais foram retomadas no estado em 08 de fevereiro deste ano, mas a presença dos alunos não era obrigatória desde então

    Bruno Laforéda CNN

    em São Paulo

    Ouvir notícia

    A partir da próxima segunda-feira (18), as aulas presenciais nas escolas privadas e na rede estadual de educação de São Paulo serão obrigatórias. Os estudantes que apresentarem justificativa médica poderão seguir com os estudos remotos.

    Além disso, a partir do dia 03 de novembro, as escolas da rede pública paulista estarão desobrigadas a seguir o distanciamento de 1 metro entre as carteiras, que havia sido determinado em agosto, quando as escolas foram liberadas para elaborar seu próprio plano de retorno, considerando a capacidade física das salas de aula.

    As novas regras para o ensino público do estado de São Paulo serão divulgadas oficialmente na coletiva de imprensa do governo de São Paulo, que acontece às 12h45 desta quarta-feira (13), no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

    As informações, no entanto, foram confirmadas à CNN por fontes da Secretaria Estadual da Educação na manhã de hoje.

    Apesar das mudanças, o uso de álcool em gel, máscaras e demais equipamentos de proteção individual segue obrigatório para alunos e funcionários.

    A rede estadual de educação de São Paulo é a maior do país, com aproximadamente 3,5 milhões de alunos matriculados em 5,4 mil escolas.

    As aulas presenciais foram retomadas no estado em 08 de fevereiro deste ano, mas a presença dos alunos não era obrigatória desde então.

    Na capital paulista, as escolas particulares tiveram liberação para retomar as atividades em 1º de fevereiro de 2021.

    Mais Recentes da CNN