SP suspende Operação Descida para desestimular viagens ao litoral

Medida valerá nos dias 19, 20, 21, 26, 27 e 28 de março e pretende diminuir viagens à Baixada Santista; número de faixas nas rodovias também será reduzido

Governo de SP, junto com concessionárias e prefeituras, anunciou medidas para desestimular viagens ao litoral do estado
Governo de SP, junto com concessionárias e prefeituras, anunciou medidas para desestimular viagens ao litoral do estado Foto: Divulgação/Governo de SP

Murillo Ferrari, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O governo de São Paulo anunciou nesta sexta-feira (19) a suspensão da “Operação Descida” nas rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes durante a fase emergencial do Plano SP.

“O governo decidiu que não será implementada aos finais de semana a Operação Descida como também as faixas das rodovias que ficam disponíveis ao tráfego no sentido litoral serão reduzidas”, disse o vice-governador Rodrigo Garcia (DEM), em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes.

“O objetivo é desestimular o aumento do fluxo de veículos rumo às praias nessa fase emergencial. A medida passa a valer hoje (sexta-feira) e tem extensão até o dia 30 de março, com possibilidade de prorrogação”, completou.

Ele destacou que o cancelamento da Operação Descida é deixar claro que “quarentena não é férias”. “Faremos de tudo, com apoio dos prefeitos, para desestimular qualquer deslocamento de pessoas para o litoral de São Paulo ou para outras cidades turísticas.

Ele disse que a medida foi decidida em articulação do governo estadual com as concessionárias que administram as rodovias e com os prefeitos das cidades litorâneas para evitar deslocamentos não necessários à Baixada Santista.

O secretário de Logística e Transportes do estado, João Octaviano, afirmou que a resolução com a suspensão da operação foi publicada nesta sexta-feira (19) no Diário Oficial do estado.

“O sistema operará no 5 x 5, com 3 faixas da Imigrantes e 2 da Anchieta para cada um dos sentidos. Por consequência, a Operação Subida também não existirá”, explicou.

Ele disse ainda que os painel das rodovias exibirão informações sobre cuidados sanitários e sobre a suspensão da medida.

Mais Recentes da CNN