STF suspende portaria, vacinação em crianças e mais da noite de 12 de novembro

5 Fatos Noite, apresentado por Carol Nogueira, repercute as principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

A suspensão da portaria que determinava que as empresas não poderiam exigir comprovantes de vacinação dos funcionários, o pedido de autorização da Pfizer para vacinar crianças de 5 a 11 anos e o desmatamento recorde na Amazônia em outubro são alguns dos destaques desta sexta-feira, 12 de novembro.

Exigência de vacinação

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, suspendeu trechos da portaria do Ministério do Trabalho e Previdência, que determinava que as empresas não poderiam exigir comprovantes de vacinação dos funcionários. A decisão será levada ao plenário virtual.

Vacinação em crianças

A Pfizer entregou à Anvisa o pedido de autorização para vacinar crianças de 5 a 11 anos. A expectativa é que a agência analise a documentação em até 30 dias.

Desmatamento recorde

A área de alertas de desmatamento na Amazônia bateu recorde em outubro e é a maior para o mês em cinco anos. 870 km² de floresta foram desmatados. Um aumento de 5% em relação ao mesmo mês do ano passado. Os dados são do levantamento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

Demissão na CBF

A CBF anunciou que Leonardo Gaciba não é mais o presidente da Comissão de Arbitragem da entidade. A demissão ocorreu um dia após a polêmica marcação de um pênalti no jogo entre Flamengo e Bahia pelo Brasileirão, mantida mesmo após ser revista pelo árbitro de vídeo. O posto será assumido interinamente pelo ex-árbitro Alício Pena Júnior.

Daniel Alves

O Barcelona anunciou o retorno do lateral brasileiro Daniel Alves. Segundo o comunicado do clube, o contrato vai até o fim da atual temporada, em junho de 2022. A apresentação oficial ainda não tem data marcada. Daniel Alves estava livre para o mercado desde que teve o contrato rescindido com o São Paulo.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br.

Mais Recentes da CNN