Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Sudeste deve ter altas temperaturas e chuva forte à tarde, diz previsão do tempo

    À CNN Rádio, a meteorologista Maria Clara Sassaki disse que há chance de granizo no interior de São Paulo e de Minas Gerais

    Pedestres enfrentam forte chuva em São Paulo
    Pedestres enfrentam forte chuva em São Paulo Cris Faga/NurPhoto via Getty Images

    Amanda Garciada CNN

    São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro devem ter chuvas fortes no período da tarde ao longo desta semana, de acordo com a meteorologista Maria Clara Sassaki, da Climatempo.

    Em entrevista à CNN Rádio, ela afirmou que as temperaturas serão “bem mais agradáveis.”

    “Dias começam mais fresquinhos, mas a temperatura sobe bastante de tarde, típico de primavera-verão, esquenta e tem pancadas de chuva em todo o Sudeste”, disse.

    Sassaki afirma que há a possibilidade de grazino em áreas do interior de São Paulo e sul de Minas Gerais, com chuvas mais intensas entre Rio de Janeiro e Espírito Santo.

    No Sul, uma área de baixa pressão provocou chuvas de 300 mm nas últimas 24h, “praticamente o dobro de chuvas esperadas para o mês de novembro.

    “Toda segunda e terça será marcada por instabilidade, até a faixa leste do estado do Paraná, com muita chuva neste começo de semana”, contou.

    No Centro-Oeste, Brasília, Goiás e o norte do Mato Grosso devem ter pancadas mais volumosas de chuva, enquanto Mato Grosso do Sul e sul do Mato Grosso terão chuvas isoladas, com temperaturas na casa dos 40ºC.

    Norte e Nordeste também devem ter chuvas intensas, “com corredor de umidade do Sul da Bahia até Roraima”, destaque também para Tocantins e sul do Pará.

    Maria Clara Sassaki lembrou que o fenômeno La Niña, que provoca mais chuvas do que o normal no verão, deve permanecer influente até pelo menos março do ano que vem.

    *Com produção de Isabel Campos