Tablado é o mais novo Patrimônio Cultural e Imaterial do estado do Rio

Escola de teatro fundada há 70 anos ganhou o registro nesta segunda-feira (29)

Grupo de teatro "O Tablado"
Grupo de teatro "O Tablado" Divulgação/Teatro Tablado

Mylena Guedesda CNN*

no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

A escola de teatro “O Tablado” foi declarada, nesta segunda-feira (29), Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado do Rio. A lei 9.479/21 foi sancionada e publicada no Diário Oficial pelo governador Cláudio Castro.

O curso foi fundado em outubro de 1951 pela escritora e dramaturga brasileira Maria Clara Machado junto com um grupo de 15 artistas. Com sede no Jardim Botânico, Zona Sul da capital, O Tablado já formou mais de cinco mil profissionais em artes cênicas.

Após quatro anos de fundação, O Tablado levou ao palco um de seus maiores sucessos “Pluft, o Fantasminha”, escrito por Maria Clara Machado. A peça ganhou projeção internacional, sendo traduzida em diversos idiomas e encenada na Europa, América Latina e Estados Unidos.

Atualmente, a peça está em cartaz. No entanto, devido a pandemia, o espetáculo está sendo realizado de forma online.

No início, “O Tablado” se resumia a uma simples sala com um palco rudimentar, usada para apresentações teatrais amadoras, com cadeiras insuficientes para acomodar o público. Atualmente, a escola tem cerca de 700 alunos e mais de 20 professores, poltronas, cantina, foyer, secretaria, camarins, sala de ensaio e de produção, além de maquinaria de luz, som e refrigeração.

Agora, “O Tablado” se junta a outros Patrimônios Imateriais do estado, como Roda de Capoeira e a Festa do Divino Espírito Santo de Paraty.

*Sob supervisão de Isabelle Resende

Mais Recentes da CNN