Vacina 100% nacional, menor tempo de quarentena para Covid-19 e mais de 7 de janeiro

5 Fatos Tarde, apresentado por Iara Oliveira, repercute as principais notícias do Brasil e do mundo

Fernanda Pinottida CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Aprovação da Anvisa para fabricar uma vacina contra Covid-19 integralmente no Brasil e possível redução no tempo de quarentena para assintomáticos estão entre os destaques da tarde de 7 de janeiro de 2022.

Vacina contra Covid nacional

O Brasil terá vacina contra Covid-19 100% nacional. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou o registro do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), produzido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), via Instituto Bio-Manguinhos.

A Agência informou que comparou os ingredientes e os estudos demonstraram que a matéria-prima nacional tem o mesmo desempenho da vacina produzida no exterior.

Tempo de quarentena

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse na manhã desta sexta-feira (7) que o tempo de isolamento para pessoas assintomáticas que testaram positivo para Covid-19 possivelmente será reduzido de 10 para 5 dias. O ministro afirma que esta redução já está sendo adotada em outros países.

Vacinação no Exército

O Exército atualizou as diretrizes sobre a pandemia da Covid-19 e recomendou a vacinação de militares que voltem ao trabalho presencial. O documento não torna a vacina obrigatória e o retorno de não vacinados será analisado caso a caso pelo comando do Exército.

Covid-19 no mundo

Com o avanço da variante Ômicron, o mundo registrou recorde no número de casos de Covid-19 em uma semana, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Entretanto, mesmo com o recorde, o número de mortes caiu 10%, reforçando a eficácia da proteção oferecida pelas vacinas contra a doença.

Dívidas de micro e pequenas empresas

Em mensagem presidencial publicada no Diário Oficial da União (DOU), o presidente Jair Bolsonaro informou que decidiu vetar integralmente o projeto que criava um novo programa de parcelamento de dívidas de micro e pequenas empresas participantes do Simples Nacional. O veto ao projeto agora precisa ser analisado pelo Congresso Nacional.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

Mais Recentes da CNN