Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Vacina da Johnson, déficit das contas públicas e mais da tarde de 29 de janeiro

    5 Fatos Tarde, apresentado por Roberta Russo, repercute principais notícias do Brasil e do mundo

    Da CNN, em São Paulo

    A eficácia da vacina da Johnson contra a Covid-19, a pesquisa sobre os sintomas em infectados com a doença e o déficit das contas públicas estão entre os destaques do 5 Fatos Tarde desta sexta-feira, 29 de janeiro de 2021.

    Vacina da Johnson

    A Johnson anunciou, nesta sexta-feira (29), que sua vacina candidata contra a Covid-19 teve 66% de eficácia em prevenir casos moderados e graves. Considerados apenas os casos graves, o nível de proteção foi de 85%. A Johnson ainda não entrou com o pedido de uso emergencial ou pedido de registro sanitário junto à Anvisa. O imunizante também funcionou contra a variante da África do Sul, mais contagiosa. A vacina, que usa a tecnologia de vetor viral, é a única em etapa avançada de testes com apenas uma dose.

    Sintomas da Covid-19

    Aproximadamente 60% das pessoas infectadas pelo novo coronavírus apresentaram algum tipo de sintoma, sendo que os mais recorrentes foram dor de cabeça, alteração de olfato ou paladar, febre, tosse e dor no corpo. A porcentagem faz parte do inquérito sorológico conduzido pela Universidade Federal de São Paulo, que tem como objetivo estimar a quantidade de brasileiros contaminados pelo vírus.

    Pandemia no México

    O número de mortes pela Covid-19 no México ultrapassou o total da Índia. Com isso, o país se tornou o terceiro com maior número de mortes pelo novo coronavírus, de acordo com a Universidade Johns Hopkins. Os dados da universidade mostram que o México registrou 155.145 mortes por Covid-19 desde o início da pandemia.

    Contas públicas

    As contas do setor público consolidado, que englobam o governo federal, estados, municípios e empresas estatais, registraram um déficit primário de R$ 702,950 bilhões em 2020 – quase 10% do PIB, segundo informações divulgadas nesta sexta-feira pelo Banco Central. Isso significa que, no período, as receitas de impostos e contribuições do governo foram menores do que as despesas.

    Enem 2020

    Candidatos ao Enem 2020 que tiveram diagnóstico de Covid-19 ou aqueles que foram prejudicados por problemas logísticos, como salas lotadas, nas provas impressas têm até as 23h59 desta sexta-feira para pedir a reaplicação. O pedido deve ser feito pela página do participante.

    Newsletter

    Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br