Declaração da Petrobras, naufrágio no RJ e mais da noite de 1º de novembro

5 Fatos Noite repercute as principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

A declaração da Petrobras sobre reajustes, a proibição determinada em portaria do Ministério do Trabalho de exigência de comprovante de vacinação em empresas e o naufrágio de uma embarcação com 13 pessoas em Rio das Ostras são alguns dos destaques da noite desta segunda-feira, 1º de novembro.

Reajuste da Petrobras

A Petrobras afirmou que não antecipa decisões de reajustes no preço dos combustíveis, e que não tomou nenhuma decisão que não tenha sido informada ao público. A declaração foi uma resposta à fala do presidente Jair Bolsonaro na Itália, que afirmou ter informações extraoficiais da Petrobras.

Comprovante de vacinação

O Ministério do Trabalho proibiu empresas de exigir dos funcionários comprovante de vacinação contra a Covid-19. A portaria foi publicada hoje em edição extra do Diário Oficial.

Naufrágio no RJ

O naufrágio de uma embarcação com 13 pessoas na cidade de Rio das Ostras, no Rio de Janeiro, deixou três mortos e 10 feridos. A embarcação teria saído do farol de São Tomé, no norte do estado, e navegava em direção a Cabo Frio, Região dos Lagos. Devido ao mau tempo, o barco acabou se chocando com as pedras.

Salário durante a pandemia

Um estudo da FGV aponta que o salário de 70% da população brasileira, grupo formado pelas pessoas com menores faixas de renda, sofreu uma queda durante a pandemia. Por outro lado, o salário dos 30% mais ricos cresceu no período.

Nelson Freire

O pianista brasileiro Nelson Freire morreu aos 77 anos de idade. Nelson foi chamado de um dos maiores pianistas “desta ou de qualquer geração” pela revista Time.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br.

(Publicado por Daniel Fernandes)

Mais Recentes da CNN