Doria à CNN: “Anunciarei minha decisão às 16 horas”

Dirigentes tucanos relataram à CNN que Doria avalia não deixar mais o cargo de governador de São Paulo e não disputar a sucessão presidencial

Governador de São Paulo, João Doria (PSDB)
Governador de São Paulo, João Doria (PSDB) Estadão Conteúdo

Bruna Macedoda CNN

São Paulo

Ouvir notícia

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), confirmou em entrevista à CNN que “anunciará” sua decisão sobre concorrer à Presidência na tarde desta quinta-feira (31), às 16 horas.

Segundo informações do colunista da CNN Gustavo Uribe, dirigentes tucanos relataram que Doria avalia não deixar mais o cargo e não disputar a sucessão presidencial. A pressão de dirigentes do partido contra as prévias pesou na decisão do governador de São Paulo.

Ainda segundo Uribe, de acordo com um aliado do governador, ele teria dito a um grupo de aliados que pretende conversar com dirigentes nacionais da legenda nesta quinta-feira (31) antes de tomar uma decisão final.

A permanência de Doria no governo de São Paulo pode prejudicar a candidatura à sucessão paulista do vice-governador, Rodrigo Garcia.

Segundo informações do apresentador da CNN Daniel Adjuto, tucanos alinhados ao nome de Eduardo Leite para a disputa presidencial afirmam que o racha no partido pode ficar ainda maior se Doria, de fato, desistir da candidatura.

CNN entrou em contato com a assessoria de Doria e aguarda um retorno.

Debate

CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por nossas plataformas digitais.

Mais Recentes da CNN