Fábio Faria convida olavista para cuidar da comunicação digital do governo

Filipe Martins aceitou convite de Faria, sob a condição de acumular chefia da Assessoria Internacional do Planalto

Por Igor Gadelha, CNN  
11 de junho de 2020 às 20:56 | Atualizado 11 de junho de 2020 às 21:27
Filipe Martins e o presidente americano, Donald Trump
Foto: Reprodução/Twitter

O novo ministro das Comunicações, Fábio Faria, convidou o olavista Filipe Martins, atual assessor especial da Presidência para Assuntos Internacionais, para comandar a área de comunicação digital. A informação, dada em primeira mão pela CNN, foi confirmada por fontes diretamente ligadas ao presidente Jair Bolsonaro. 

Conforme apurou a coluna, a ideia é que a secretaria cuide também da relação direta com a imprensa. Até ontem, essas funções estavam sob o guarda-chuva da Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência, que foi extinta e seu antigo chefe, Fabio Wajgarten, nomeado secretário-executivo do Ministério das Comunicações.

 

Leia também:

Quem é Fábio Faria, novo ministro e genro de Silvio Santos

Segundo apurou a coluna, Martins aceitou o convite de Faria, sob a condição de continuar como chefe da Assessoria Internacional do Planalto. A área jurídica do governo ainda analisa como se dará esse acúmulo de funções, embora já haja o exemplo do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, que acumula o cargo de subchefe para Assuntos Jurídicos do Planalto.

Pelo desenho idealizado pelo novo ministro, o publicitário deve mante sob seu comando atribuições da Secom relacionadas à distribuição da milionária verba publicitária do governo e ao relacionamento institucional com os veículos de imprensa. Há a possibilidade de Wajngarten também ganhar o comando da área de rádiodifusão.