Bolsonaro avisa Weintraub que situação é crítica e que STF pede sua cabeça


Caio Junqueira
Por Caio Junqueira, CNN  
15 de junho de 2020 às 19:12 | Atualizado 15 de junho de 2020 às 20:36


O presidente Jair Bolsonaro avisou ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, que sua situação é crítica e que há uma pressão grande do Supremo Tribunal Federal (STF) pela sua saída.

A conversa não foi conclusiva acerca de sua saída, mas Weintraub deixou claro que qualquer que seja a decisão do presidente, ele se manterá ao seu lado. Fez essa alusão em referência a outros ministros que foram demitidos e acabaram saindo do governo com críticas, como Sergio Moro, Luiz Henrique Mandetta e Gustavo Bebbiano.

Leia também:

Bolsonaro pede a auxiliares sugestão de substitutos para Weintraub

Bolsonaro se irrita com ida de Weintraub a protestos