'Não houve crime algum', diz Weintraub sobre entrada nos EUA

“Não houve crime algum. Pode apostar. Nunca fiz bobagem. Não vou começar agora já velho”, afirmou o ex-titular do MEC à coluna, por meio de mensagem de texto

Por Igor Gadelha, CNN  
23 de junho de 2020 às 09:39 | Atualizado 23 de junho de 2020 às 09:40

O ex-ministro da Educação Abraham Weintraub afirmou na manhã desta terça-feira (23) à CNN que não cometeu crime ou ilegalidade ao entrar nos Estados Unidos na semana passada

“Não houve crime algum. Pode apostar. Nunca fiz bobagem. Não vou começar agora já velho”, afirmou o ex-titular do MEC à coluna, por meio de mensagem de texto.

Weintraub ressaltou não ter dupla cidadania, mas se recusou a especificar se usou o passaporte brasileiro comum ou o diplomático a que tinha direito como ministro da Educação.

“Nada ilegal. Estou tranquilo”, restringiu-se a responder o ex-titular do MEC, que chegou aos Estados Unidos no último sábado (20), dois dias após anunciar sua saída do governo.

Weintraub também não quis comentar decreto publicado hoje pelo governo retificando sua exoneração do cargo, para retroagir seus efeitos à sexta-feira (19), um dia antes de sua entrada em solo norte-americano.