Caiado pede apoio de prefeitos para lockdown em Goiás


Pedro Teixeira, da CNN, em Goiânia
29 de junho de 2020 às 12:22 | Atualizado 29 de junho de 2020 às 13:23
O governado de Goiás, Ronaldo Caiado

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, em coletiva de imprensa (25.mar.2020)

Foto: Divulgação

Governador Ronaldo Caiado anunciou, em coletiva nesta segunda-feira (29), medidas mais rígidas durante a quarentena no estado. A orientação é abrir apenas os serviços essenciais nas cidades goianas pelos próximos 14 dias. 

    Leia também

Avanço da pandemia de Covid-19 em Goiás preocupa governador e prefeitos

Portugal volta a implementar medidas de lockdown em Lisboa

A ideia, segundo Caiado, é alternar lockdown e abertura por períodos de 14 dias. Agora o governador espera o apoio dos prefeitos do estado para garantir as novas medidas. “Cada prefeito é responsável, segundo o STF, por seu município”, disse Caiado.

Em atualização