Veja imagens de Fabrício Queiroz em prisão domiciliar no Rio de Janeiro

Queiroz saiu à janela do quinto andar do prédio após ouvir o som de um helicóptero que passava pelo local

Da CNN
13 de julho de 2020 às 07:41 | Atualizado 13 de julho de 2020 às 10:42
 

A CNN registrou um momento de Fabrício Queiroz em prisão domiciliar, na manhã desta segunda-feira (13), na janela do apartamento na Taquara, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Ele apareceu sem camisa após ouvir o som de um helicóptero que passava pelo local.

Queiroz está em prisão domiciliar desde a última sexta-feira (10), após decisão, na quinta-feira (9), do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha. A decisão tem caráter liminar – ou seja, o mérito ainda será julgado.

Leia também:

Cientista político analisa críticas ao STJ sobre prisão domiciliar para Queiroz
Palavra que define prisão domiciliar de Queiroz é 'seletividade', diz jurista
Advogados criminalistas debatem prisão domiciliar de Queiroz e Márcia

Horas depois, o ex-assessor do filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi visto na sacada do apartamento – veja no vídeo abaixo.

A concessão da prisão domiciliar também beneficiou a mulher de Queiroz, Márcia Oliveira de Aguiar. Na manhã de sábado (11), o advogado da família, Paulo Emílio Catta Preta, afirmou que Márcia já estava em casa.

O ex-assessor de Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) estava preso no Complexo Penitenciário de Bangu, no Rio de Janeiro, desde o dia 18 de junho, por ordem da Justiça fluminense, após ser localizado na cidade de Atibaia, no interior de São Paulo, em imóvel do advogado Frederick Wassef, que naquele momento trabalhava para a família Bolsonaro.

Fabrício Queiroz é suspeito em um processo que apura um esquema de corrupção na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerja), enquanto ele era assessor de Flávio.

De acordo com um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), em 2016, quando estava lotado no gabinete do então deputado estadual Flávio Bolsonaro, Queiroz movimentou cerca de R$ 1,2 milhão em saques e depósitos fracionados, considerados atípicos pelo órgão. 

A decisão judicial que ordenou a prisão de Fabrício Queiroz mostra que, segundo o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), o ex-assessor do senador pagou mensalidades escolares das filhas do político no mesmo período em que operava o esquema de “rachadinhas” no gabinete do então deputado estadual na Alerj.

Em prisão domiciliar, Fabrício Queiroz foi registrado pela CNN, na manhã desta s
Em prisão domiciliar, Fabrício Queiroz foi registrado pela CNN, na manhã desta segunda-feira (13), na janela do apartamento
Foto: CNN (13.jul.2020)
 
Fabrício Queiroz na sacada de apartamento onde cumpre prisão
Fabrício Queiroz na sacada de apartamento onde cumpre prisão domiciliar, no Rio de Janeiro
Foto: CNN (13.jul.2020)