Bolsonaro testa negativo para o novo coronavírus


Murillo Ferrari, da CNN, em São Paulo
25 de julho de 2020 às 08:58 | Atualizado 25 de julho de 2020 às 11:01

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) testou negativo para o novo coronavírus. Ele fez o exame para detecção da doença na sexta-feira (24) e informou sobre o resultado neste sábado (25) à CNN.

Pouco depois, o presidente publicou uma mensagem em sua conta no Twitter. "RP-PCR para Sars-Cov 2: negativo. Bom dia a todos", escreveu.

Esse foi o quarto teste feito por Bolsonaro desde a confirmação de que contraiu o novo coronavírus, em 7 de julho. Nos testes anteriores, o resultado havia dado positivo para Covid-19.

Depois de 19 dias despachando do Palácio da Alvorada por meio de vídeoconferência, o presidente poderá retomar atividades presenciais com outros membros do governo – oficialmente, ele não tem nenhuma agenda neste sábado.

Bolsonaro publica tuíte sobre teste negativo para Covid-19

Bolsonaro confirmou neste sábado (25), em seu Twitter, que último exame para o novo coronavírus deu negativo

Foto: Reprodução/ Jair Bolsonaro/ Twitter

De acordo com a colunista Basília Rodrigues, uma fonte do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) informou que Bolsonaro pretende ir ao Nordeste na próxima semana.

Bolsonaro pretendia acompanhar o presidente nacional do Progressistas, senador Ciro Nogueira, em viagem ao Piauí neste fim de semana, mas os repetidos testes positivos adiaram esse plano.

Saída de moto

Jair Bolsonaro anda de moto após testar negativo (25.jul.2020)

O presidente Jair Bolsonaro anda de moto em Brasília após testar negativo para o novo coronavírus

Foto: Reprodução - 25.jul.2020/ CNN

Após a confirmação de que não está mais com Covid-19, Bolsonaro saiu de moto do Palácio da Alvorada e foi até uma área de concessionárias em Brasília. Ele estava acompanhado por um grupo com pelo menos outras 5 motos.

O presidente ficou por cerca de uma hora na concessionária em que comprou uma motocicleta em novembro de 2019. Ao deixar o local neste sábado, Bolsonaro voltou a se circular pela cidade acompanhado pelo grupo.

Ele foi até a residência da deputada (PSL-DF), que nesta semana foi dispensada da vice-liderança do governo na Câmara dos Deputados após votar contra a proposta de emenda à Constituição (PEC) do Fundeb.

(Com informações de Leandro Magalhães e Caroline Rosito, da CNN, em Brasília)