Avó de Michelle Bolsonaro morre após mais de um mês internada com Covid-19


Murillo Ferrari e Jéssica Otoboni, da CNN, em São Paulo
12 de agosto de 2020 às 10:11 | Atualizado 13 de agosto de 2020 às 07:35

A avó materna da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, morreu na madrugada desta quarta-feira (12), após ficar 42 dias internada na rede de saúde pública do Distrito Federal. A causa da morte teria sido pneumonia viral em decorrência do novo coronavírus.

Maria Aparecida Firmo Ferreira tinha 80 anos – portanto fazia parte do grupo de risco – e estava internada com Covid-19 desde o dia 1º de julho, após contrair Covid-19.

A avó de Michelle morreu no Hospital Regional da Ceilândia (HRC). A confirmação do falecimento pela assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde do DF aconteceu nesta manhã. Horas depois, a Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) emitiu nota sobre o ocorrido (leia abaixo).

Assista e leia também:
Michelle Bolsonaro recebeu ao menos R$ 72 mil de Queiroz entre 2011 e 2016
Bolsonaro amplia comitiva de ajuda ao Líbano; missão parte nesta quarta

Michelle Bolsonaro, primeira-dama do Brasil

A primeira-dama brasileira, Michelle Bolsonaro

Foto: Isac Nóbrega - 4.set.2019 / PR

Maria teve 78% do pulmão comprometido por causa da doença. Ela chegou a ser transferida para um leito de UTI (unidade de terapia intensiva) do Hospital Regional de Santa Maria, o qual deixou há seis dias.

Capacidade pulmonar comprometida

Segundo o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF), ela foi transferida para um leito de UTI e entubada dois dias depois de dar entrada no hospital.

A paciente apresentou melhora e passou a usar máscara nebulizante no dia 20 de julho. Porém, dez dias depois, voltou a ser entubada e precisou do auxílio de ventilação mecânica para respirar, já que a capacidade pulmonar estava extremamente comprometida. 

Até a publicação desta matéria, o presidente Jair Bolsonaro e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, não haviam se pronunciado sobre a perda familiar. O Palácio do Planalto também não se manifestou. Ainda não há informações sobre o velório.

Nota oficial da Secom

A primeira-dama Michelle Bolsonaro recebeu com pesar a notícia sobre o falecimento da avó. Ela sente e afirma que é um momento de tristeza e dor para toda a família.

A senhora Michelle Bolsonaro lamenta que alguns parentes tratem certos momentos tão pessoais com oportunismo em desrespeito ao sofrimento de todos.

A primeira-dama permanece recolhida em casa em tratamento contra o novo coranavírus e espera que o momento de luto seja respeitado, acima de quaisquer questões pessoais e familiares.

Secretaria Especial de Comunicação Social
Ministério das Comunicações

(Com informações de Larissa Alvarenga, Marília Ribeiro e Rudá Moreira, da CNN, em Brasília)