STF dá respiro à Lava Jato e enquadra governo no caso dos dossiês

Da CNN, em São Paulo
20 de agosto de 2020 às 18:59 | Atualizado 20 de agosto de 2020 às 19:06
Daniela Lima e Renata Agostini comandam o Horário de Brasília, podcast de política da CNN
Foto: Arte/CNN


Duas decisões do Supremo Tribunal Federal promoveram reviravoltas na semana em Brasília. Na primeira, o ministro Celso de Mello suspendeu, na véspera, a análise de duas ações contra o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato em Curitiba, no Conselho Nacional do Ministério Público. A segunda foi o duro recado da ministra Carmén Lúcia contra o dossiê produzido no Ministério da Justiça que mirava 579 servidores classificados como antifascistas. Por nove votos a um, o plenário seguiu a relatora e suspendeu o dossiê. 

Neste episódio do Horário de Brasília, Daniela Lima e Renata Agostini analisam ainda a difícil batalha do ministro Paulo Guedes, que tenta conter o ímpeto gastador do Congresso em ano eleitoral e de uma ala do governo, agora potencializada pelo impacto do pagamento do auxílio emergencial na aprovação do presidente.

Leia e assista também:

STF dá recado duro, e Deltan Dallagnol ganha trégua

STF suspende produção de relatórios do Ministério da Justiça contra servidores

Bolsonaro quer prorrogar auxílio com valor menor, mas diz que 'R$ 200 é pouco'

Ouça e assine os podcasts da CNN Brasil gratuitamente:

5 Fatos

Abertura de Mercado

América Decide

Carteira Inteligente

Coronavírus: Fato x Ficção

CNN Líderes

E Tem Mais

Na Palma da Mari

O Grande Debate

O Mundo Pós-Pandemia

O Que Eu Faço?

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

(Edição: Amauri Arrais)