Bolsonaro participa de inauguração de Usina Fotovoltaica em Goiás

Presidente cumprimentou apoiadores em frente à residência oficial na manhã deste sábado (29); ele irá a inauguração de Usina Fotovoltaica, em Caldas Novas

Da CNN
29 de agosto de 2020 às 09:36 | Atualizado 29 de agosto de 2020 às 12:43

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) cumprimentou apoiadores ao sair do Palácio do Alvorada na manhã deste sábado (29). Ele seguiu para um compromisso agendado em Goiás. O presidente participa de solenidade de inauguração da Usina de Energia Fotovoltaica, em Caldas Novas. 

Antes de deixar o Palácio, Bolsonaro publicou vídeo em seu Facebook comunicando a ida a inaguração. Ele chegou ao local por volta das 10h05 e, na entrada do evento, novamente parou para falar com apoiadores. O presidente estava acompanhado do deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e do governador de Goiás, Ronaldo Caiado.

Bolsonaro, que foi diagnosticado com Covid-19 no mês passado, retomou sua rotina de viagens nos últimos dias. Ao longo da semana, ele viajou para o município de Ipatinga, em Minas Gerais, e também esteve no Paraná para acompanhar o lançamento da pedra fundamental da obra de uma estrada com o ministro Tarcísio Gomes, da Infraestrutura.

Leia mais:

Brasil confirma mais 43 mil casos e 855 mortes por Covid-19
Mourão diz que Salles se precipitou sobre suspensão de combate ao desmatamento

Renda Brasil

A analista de política da CNN Thaís Arbex adiantou que o presidente Jair Bolsonaro apresentará o novo desenho do Renda Brasil a líderes do Congresso na próxima terça-feira (1º). O líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), ficou encarregado de fazer os convites para o encontro no Palácio da Alvorada. A ideia é reunir parlamentares que estão na linha de frente da nova base de apoio ao presidente no Legislativo.

Na quarta (26), Bolsonaro criticou publicamente a primeira proposta da equipe econômica para o programa social. Na manhã desta sexta (28), o presidente se reuniu com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e outros integrantes da cúpula do governo para discutir o novo formato do programa que substituirá o Bolsa Família.

(Edição: Paula Bezerra)