Governo libera R$ 264,8 milhões para ministérios da Educação e Cidadania


Victória Cócolo, da CNN, em São Paulo
16 de setembro de 2020 às 02:25
O presidente da República, Jair Bolsonaro

O presidente da República, Jair Bolsonaro

Foto: Marcos Corrêa/PR (29.ago.2020)

O Governo Federal anunciou a abertura de crédito de mais de R$264,8 milhões para os Ministérios da Educação e Cidadania. A medida foi publicada em uma edição extra do Diário Oficial da União, na noite desta terça-feira (15).

De acordo com o governo, o objetivo é ajudar no enfrentamento da situação de emergência decorrente da pandemia do novo coronavírus. 

Segundo nota da Secretaria-Geral da Presidência, o Ministério da Cidadania utilizará a verba para levar água a escolas públicas nas Regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste que não têm soluções adequadas nos colégios localizados em áreas rurais. 

Leia também:
Após quase três anos desde a última prova, MEC publica edital do Revalida

Na Educação, o dinheiro deverá ser direcionado para atendimento de gastos adicionais com a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) e do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida).

O governo salienta que as  provas devem ser realizadas respeitando os protocolos de saúde pública e de distanciamento social, para evitar a transmissão do vírus. 

Em relação ao Revalida, é esperado que a próxima edição do exame qualifique cerca de 5 mil novos médicos para revalidação de diplomas. Os profissionais aprovados devem prestar auxílio adicional no combate à pandemia da Covid-19 no Brasil.