Pazuello faz treinamento de mídia antes de virar ministro e promete legado


Basília Rodrigues
Por Basília Rodrigues, CNN  
16 de setembro de 2020 às 07:59
Efetivado no Ministério da Saúde, Pazuello quer mais proximidade com população

Efetivado no Ministério da Saúde, Eduardo Pazuello quer mais proximidade com a população

Foto: Marcos Corrêa - 9.jul.2020/ PR

Antes da posse como ministro titular da Saúde, Eduardo Pazuello fez um treinamento de mídia para se preparar para o turbilhão de perguntas. 

Efetivado no cargo, o general pretende assumir uma postura que a condição de interino o inibia: quer falar mais com a população e tem noção de que a imprensa é um dos principais canais.

A disposição é conduzida por auxiliares, entre eles militares, com cuidado para evitar escorregões. O ministro deve aparecer mais e falar mais, desde que não entre em rota de colisão com o Palácio do Planalto, como o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, que acabou demitido.

Assista e leia também:

Quem é Eduardo Pazuello, que será efetivado como ministro da Saúde

Escolhido ministro, Pazuello quer continuar militar da ativa

Pazuello assume o tom de que é ministro da Saúde e não da pandemia. Ele promete deixar legado, ainda que criticado pela falta de formação médica, porque o foco apontado é a gestão.

No discurso de posse, o ministro vai dizer que o Brasil busca uma vacina com qualidade e quantidade, uma solução segura.