Maia é aconselhado a não responder ataque de Salles


Igor Gadelha
Por Igor Gadelha, CNN  
29 de outubro de 2020 às 09:41 | Atualizado 29 de outubro de 2020 às 09:51

 

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi aconselhado por aliados a não responder à ofensa do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

Em um post no Twitter publicado na noite desta quarta-feira (28), Salles chamou o presidente da Câmara de “Nhonho”, em uma referência ao personagem da série mexicana “Chaves”.

Leia também:
Salles diz a Maia que não o ofendeu
Após post chamando Maia de 'Nhonho', Salles apaga conta no Twitter

rodrigo maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Na manhã desta quinta-feira (29), o ministro apagou o tuíte e disse que alguém tinha usado sua conta “indevidamente”. “Alguém usou minha conta. Vou descobrir”, disse à CNN.

Aliados de Maia ouvidos pela coluna, porém, não acreditaram na justificativa do ministro. E dizem que, embora não vá responder ao ataque, o deputado deve reforçar às críticas a condução de Salles no ministério.